Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?


Postagens recentes

Luciana Genro poderá apoiar Dilma

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

cats

A candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, afirmou na noite deste domingo (05) que ficou “feliz” com os votos angariados e que os mais 1,5 milhões de pessoas que votaram na legenda representam uma parcela da população que não se conforma com a situação atual do país.

Segundo ela, o partido ainda vai decidir se apoia a presidente Dilma Rousseff no segundo turno.

Luciana também comemorou o fato de ter atingido um votação maior que o Levy Fidelix (PRTB) e Pastor Everaldo (PSC). “Isso Mostra claramente que as pautas progressistas estão tomando a frente do debate político no Brasil, afirmou.

Clique aqui e comente sobre isto

Em Arcoverde, cada um com sua vitória

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

Madalena-e-paulo-Câmara-em-caminhada-660x330

Madalena Brito faz Câmara majoritário, Zeca e Júlio conquistam mandatos e ainda teve o surpreendente Eduíno, que conseguiu vaga na Alepe

Em Arcoverde, no Portal do Sertão, cada liderança política teve sua vitória para comemorar. A Prefeita Madalena Brito (PTB), que surpreendeu ao deixar a orientação de Zeca Cavalcanti para apoiar Paulo Câmara e Fernando Bezerra conseguiu uma importante vitória política: Paulo Câmara foi majoritário com 21.303, ou 67,71% dos votos válidos, contra 9.999 de Armando.

O mesmo aconteceu na corrida ao Senado, com Fernando Bezerra Coelho obtendo 19.133 votos contra 9.584 de João Paulo.

VIP_1238

Já o ex-prefeito Zeca Cavalcanti (PTB) conseguiu seu primeiro mandato na Câmara Federal. Zeca foi votado em muitas cidades, principalmente no Sertão, obtendo 97.057 votos. Em Arcoverde, foi majoritário com 17.062 votos. Ainda foi importante na reeleição de Júlio Cavalcanti, que obteve no Estado com 47.685 votos.

Mas surpresa mesmo foi a eleição de Eduíno Brito, do PHS. Primeiro, porque numa disputa polarizada, bateu Júlio em Arcoverde, sendo majoritário, com 9.586 votos, contra 9.272 do petebista. Há inclusive quem defenda, com uma forcinha de aliados da prefeita arcoverdense.

Favorecido pela coligação e pelo cálculo do quociente eleitoral, obteve em Pernambuco 30.115 votos e conquistou vaga. Em suma, teve festa pra todo lado na Terra do Cardeal…

Caminhada-de-Eduíno-Brito-660x330

2 Comentários

Dilma convoca Lula, e Aécio quer apoio da oposição

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

br-pesquisa-aecio-dilma-segundo-turno

O eleitores brasileiros decidiram, neste domingo, que PT e PSDB farão, pela quarta vez na História, uma disputa pelo segundo turno da Presidência, marcada para 26 de outubro. Candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), fez seu discurso para comentar o resultado do primeiro turno, agradecendo, especialmente ao PT e ao ex-presidente Lula. Já Aécio Neves (PSBD) pediu uma união da oposição, enquanto Marina, em entrevista coletiva em São Paulo sinalizou uma tendência ao tucano.

Perguntada se vai assumir uma neutralidade como em 2010, a candidata do PSB, que ficou em terceiro lugar, fez uma pausa e respondeu: “Minha postura quando não foi feito o registro da Rede pode ser uma tendência. Assumi um compromisso com a mudança. O que determinou compromisso com Eduardo Campos foi com o programa”.

Por volta das 22h, em Brasília, Dilma comentou os 41,55% dos votos que recebeu, que lhe garantiram uma vaga no segundo turno.

“Sem o presidente Lula, eu não teria chegado aonde cheguei. Não teria conseguido realizar meu sonho de fazer um Brasil melhor. Como dizíamos, a luta continua, uma luta que, sem dúvida, será vitoriosa, porque é a luta do povo brasileiro”, comentou Dilma, agradecendo, ainda, aos aliados. “Queria cumprimentar meu vice-presidente, Michel Temer. Rui Falcão e o presidente do PC do B, Renato Rabello”.

Já Aécio Neves (PSBD), por volta das 21h, em Belo Horizonte, fez o primeiro comentário sobre os quase 34% de votos que recebeu no país e que o levaram ao segundo turno em uma virada sobre Marina.

“Eu me sinto extremamente honrado em poder representar esse sentimento. É o projeto dos brasileiros que querem ver o Brasil voltando a crescer, gerando empregos”, disse o candidato ao lado de sua mulher, Letícia, e de Antonio Anastasia, senador eleito em Minas. “O êxito da campanha foi a verdade, temos o melhor projeto para o Brasil. A partir de amanhã (segunda-feira), vamos intensificar a campanha, é a hora de renovar forças”.

Dilma foi recebida no palanque e foi interrompida em alguns momentos por militantes, que gritavam o bordão “O povo unido jamais será vencido”.

“Mais uma vez, o povo brasileiro me honrou com sua confiança ao me dar a vitória nesta disputa de primeiro turno. Na nossa trajetória, é a sétima vitoria: duas da primeira eleição do presidente Lula, duas da segunda eleição dele, duas da minha eleição e, agora, neste primeiro turno. Ao celebrar essa vitória, minhas palavras são de agradecimento, porque temos obrigação de agradecer ao eleitor, que saiu de suas casas e foram às urnas registrar seus votos. Sinto-me fortemente como se deles eu tivesse recebido uma mensagem, um recado simples que eu devo seguir em frente, que eu devo continuar nessa luta com cada um desses eleitores”, encerrou.

1 Comentário

Agenda extensa, emoção e saudade marcam dia de Renata Campos e filhos

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

20141006001948513032e

do Diário de Pernambuco

Enquanto o presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, anunciava, oficialmente, a vitória de Paulo Câmara, Renata Campos não escondia a emoção diante das câmeras. Para ela e os filhos, a conquista traduz o sentimento dos pernambucanos quanto ao legado do trabalho do  ex-governador Eduardo Campos e das ideias deixadas por ele.

De cabeça baixa em alguns momentos, enquanto o candidato escolhido por Campos discursava aos jornalistas, Renata parecia estar com o pensamento distante. Talvez a frase dita a uma senhora que a abordou durante votação contando que estava com saudades do ex-governador, pela manhã no Recife, traduza o sentimento. “Hoje vai ser um dia feliz porque vai dar tudo certo, mas com uma saudade… Um filme está passando na cabeça de todo mundo”, declarou.

Na coletiva, Renata preferiu o silêncio. Na última pergunta feita pela imprensa a Paulo Câmara, riu um pouco. O candidato vencedor foi questionado se os filhos mais velhos de Campos poderiam ser chamados para fazer parte da equipe do governo do estado. Ele não confirmou, nem negou. Disse apenas que eles estão estudando, mas que têm “condição hoje de avançar muito no serviço público”.

Ao longo do dia, a ex-primeira dama cumpriu a extensa agenda programada. Logo cedo, com a foto de Eduardo Campos estampada na camisa, seguiu com os cinco filhos para a casa de Câmara, onde o socialista recebeu amigos, parentes e aliados políticos. Após café da manhã, seguiu a pé para o o Cecosne, onde o candidato a governador votou.

A todo instante, a família Campos era saudada por eleitores e admiradores. Todos os pedidos de fotos foram atendidos. Uma eleitora entregou uma flor a Renata. A família ainda acompanhou as votações do prefeito do Recife, Geraldo Julio, do candidato ao Senado Fernando Bezerra Coelho e do vice de Câmara, Raul Henry.

No final da manhã, Renata e os filhos seguiram para a Faculdade Marista, em Apipucos, onde ela, Maria Eduarda e João votaram. Com a fila grande, Pedro deixou para votar à tarde, após o almoço na residência da família. Simpática, Renata conversou informalmente com jornalistas que a acompanhavam, mas informou que não daria entrevistas.

Por volta das 18h, todos saíram em carreata pela Praça de Casa Forte, na Zona Norte do Recife, onde já comemoravam o resultado da boca de urna, que apontava a vitória em primeiro turno de Paulo Câmara.

Após rápida passagem, candidatos, aliados e a família do ex-governador seguiram para o Recife Monte Hotel, em Boa Viagem, onde acompanharam os resultados consolidados. Em seguida, aconteceu a coletiva.

Por fim, Renata e os filhos foram ao Marco Zero, no Bairro do Recife, onde participaram da festa da vitória de Câmara. Foi o último ato do dia. Estava cumprida a promessa de lutar pela eleição do candidato escolhido por Campos. Uma homenagem ao marido, ao pai e ao líder político do povo pernambucano, que morreu em 13 de agosto deste ano, vítima de acidente aéreo em São Paulo.

Clique aqui e comente sobre isto

Totonho diz que máquina favoreceu Anchieta Patriota e crava: “agora tem o grupo de quem votou em Waldemar e o de quem votou em Anchieta”

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014
Apoio de Totonho a Waldemar esfria a relação com Patriota. Ex-prefeito fala em uso da máquina

Apoio de Totonho a Waldemar esfria a relação com Patriota. Ex-prefeito fala em uso da máquina

Socialista ironizou fato de Waldemar Borges ter sido eleito enquanto Anchieta Patriota, apoiado pelo gestor de Afogados, não

O ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares, avaliou a votação que seu grupo conseguiu dar ao candidato reeleito Waldemar Borges. “Acho até que a votação dele foi acima do esperado.

Totonho relembrou o apoio dado a Waldemar quatro anos atrás sob orientação de Eduardo Campos. “Eu disse ao governador que Waldemar teria dois mil votos, juntamos o time todo com um parte dos vereadores e conseguimos dar a ele 3 mil e quinhentos votos”.

Valadares avaliou a decisão do prefeito José Patriota de apoiar Anchieta Patriota. “Tomei a decisão de apoiá-lo tendo em vista as ações que Waldemar Borges desenvolveu e trouxe uma série de obras pra cá. “Disse a ele que não tinha nenhum vereador, prefeito ou vice. Tenho meus filhos Daniel e Toninho e um punhado de amigos. Ahei que teria entre 700 e mil votos e teve mais de 1.500 votos”.

Ele criticou a utilização da máquina em favor de Anchieta Patriota. “É claro e notório as pressões que os funcionários receberam pra não votar e Waldemar Borges”, disse. Totonho ainda foi elogioso à eleição de Júlio através do grupo de Zé Negão.

Perguntado se essa declaração  já indicaria um racha para 2016, Totonho foi ainda mais direto. “Nós estamos cumprindo com nossa trajetória. Não sou mais o prefeito estou à disposição de ajudar quando procurado. O prefeito hoje é Zé Patriota. Quem é que tem uma máquina de apoio? Quantos funcionários tem a prefeitura?  Tú sabe que eu não tenho papas na língua.  Vou ter que ter a minha parte, a parte do Deputado Waldemar Borges em Afogados da Ingazeira. Não dá é pra gente ter um Deputado e as coisas não serem divididas com meu grupo. Meu grupo político era o de Patriota, o  da Frente. Agora não é assim. Meu grupo é o grupo que apoiou Waldemar e o outro grupo é o que apoiou Anchieta Patriota. Na hora que a gente tiver que tá junto vamos estar. Na hora que não der pra ficar junto, não vamos”.

Clique aqui e comente sobre isto

Armando agora rumo à oposição no Estado

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

a2a8e281b710ab70ffedb98e368a7741

do JC Online

Aliado da Frente Popular até o ano passado e colocando sua candidatura ao governo contra o PSB, Armando Monteiro (PTB), derrotado ontem nas urnas por mais de 1,6 milhão de votos de diferença, coloca-se de vez na oposição. Foi o recado que ele deixou ontem ao reconhecer o revés, ao indicar que estará observando de perto as ações de Paulo Câmara (PSB). “Eu espero que o governador eleito esteja à altura das responsabilidades e dos desafios que ele terá que assumir nos próximos anos”, disse. No entanto, ele não se credenciou como líder desse novo bloco. O insucesso arrastou também João Paulo (PT) na corrida ao Senado.

“As urnas sempre definem as coisas. Quem perde tem sempre esse papel (de oposição). Nós vamos exercê-lo com responsabilidade e com o sentido maior, que é o compromisso com Pernambuco”, completou o petebista.

Armando não quis avaliar a derrota. “Ao reconhecer o resultado da eleição, estamos reconhecendo o pronunciamento do povo de Pernambuco. Com que dimensão, se por mais ou menos, não me parece agora questão própria. Ficamos com a responsabilidade de representar um terço dos eleitores de Pernambuco, que é algo muito expressivo”, declarou.

O candidato disse, ainda, que a comoção com a morte do ex-governador Eduardo Campos é assunto passado. “Não gostaria de me deter mais nisso, eu acho que agora isso passou. Houve um resultado, nós perdemos. Nesse momento, nosso compromisso é olhar para frente”, acrescentou.

Para Paulo Rubem (PDT), vice na chapa, a derrota nas urnas se deu pela falta de um comando único das campanhas presidenciais, estaduais e ao Senado. “Eles (a Frente Popular) tinham isso e fica mais fácil de guiar. Eles também tinham muito tempo de TV e as máquinas da prefeitura e do governo a favor”, analisou. A falta de uma conduta uniforme entre PTB e PT era evidente na campanha. Tanto que João Paulo teve um comitê separado de Armando e, muitas vezes, fez agendas diferentes do restante da coligação.

ALIADOS – João Paulo (PT) e Paulo Rubem não afirmaram ontem que estão no barco da oposição no Estado. “Não falo em nome do PT. O PT tem suas instâncias democráticas para discutir. Vai fazer uma avaliação do resultado nacional e estadual e montar estratégia futura”, declarou João Paulo.

Posição semelhante assumiu Paulo Rubem. “O resultado eleitoral de Pernambuco e dos demais Estados serão analisados pela direção nacional. Mas a posição do partido é permanecer integrado a essas forças e discutir a sua reestruturação no Estado com orientação da direção nacional”, afirmou.

Clique aqui e comente sobre isto

Veja como ficaram números finais da eleição em Pernambuco

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

pePerto da meia noite deste domingo é que foi fechada a apuração de 100% das urnas de Pernambuco. O fechamento revelou que na reta final da campanha, houve um crescimento impressionante do socialista Paulo Câmara. Ele obteve  3.009.087 dos votos válidos, um percentual de 68,08%, contra 1.373.237 de Armando Monteiro, ou  31,07%. Em números, a vantagem foi de pouco mais de 1 milhão e 600 mil votos.

Como tem sido a tradição nas eleições do Estado, um candidato a governador com bom percentual “puxa” o postulante ao Senado. Por isso,  Fernando Bezerra Coelho (PSB) teve 2.655.912 votos, ou 64,34%, contra 1.436.692 de João Paulo, percentual de 34,80%, ou diferença de pouco mais de 1 milhão e 200 mil votos.

Na disputa para presidência, Pernambuco foi um dos poucos estados onde Marina foi majoritária com 2.310.700 votos contra 2.126.491 de Dilma e 284.771 de Aécio Neves.

Clique aqui e comente sobre isto

Fechado o resultado, Dilma e Aécio começam troca de farpas

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014

dilma-aecio

Uol

A presidente Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB) trocaram críticas em discurso a militantes logo após a definição do segundo turno das eleições presidenciais neste domingo (5). Dilma, em Brasília, afirmou que o povo não quer a volta de um “fantasma do passado”, ao se referir ao partido do seu adversário. Em Belo Horizonte, o tucano afirmou que sua passagem para o segundo turno foi “uma vitória da oposição”.

Dilma terminou o primeiro turno com cerca de 43 milhões de votos –em torno de 42% do total– contra 34 milhões de Aécio, por volta de 33%.

Segundo Dilma, o povo brasileiro “não quer de volta ao que podemos chamar de fantasmas do passado, aqueles que quebraram o país três vezes”. “Teremos, novamente, uma disputa com o PSDB, que governou apenas para um terço da população, abandonando os que mais precisam”, disse.

final

A presidente afirmou ainda que os tucanos, ao se referir aos dois governos de Fernando Henrique Cardoso (1995 a 1998 e de 1999 a 2002), impuseram ao país “desemprego massivo, arrocho salarial e jamais promoveram quando tiveram oportunidade políticas de inclusão social o povo brasileiro”.

Aécio também fez críticas à adversária do segundo turno. “Quem venceu as eleições no primeiro turno foi o povo brasileiro. O sentimento de mudança que hoje se alastra por todo país”, disse.

“Aqueles que estão no governo agora perderam. Perderam no primeiro turno, porque estão tendo um resultado muito abaixo do que esperavam, e perderam porque tiveram a chance de melhorar a vida dos brasileiros e não melhoraram”.

1 Comentário

Veja lista : Frente Popular elege 18 dos 25 deputados federais

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014
Eduardo da Fonte, mais votado no Estado

Eduardo da Fonte, mais votado no Estado

Dos 25 deputados federais escolhidos em Pernambuco, 18 foram eleitos pela coligação Frente Popular de Pernambuco (PSB, PMDB, PC do B, PV, PR, PSD, PPS, PSDB, SD, PPL, DEM, PROS, PP, PEN e PTC), 6 pela Pernambuco Vai Mais Longe (PTB, PT, PSC, PDT, PRB e PT do B) e um pela Juntos Pelo Imposto Único (PSDC, PTN, PRP, PSL, PHS e PRTB).

O candidato mais votados são integrantes da Frente Popular de Pernambuco: Eduardo da Fonte (PP), com 283 mil votos; Pastor Eurico (PSB), com 233 mil; e Jarbas Vasconcelos (PMDB), com 227 mil .

Na Pernambuco Vai Mais Longe, encabeçam o ranking Silvio Costa (PSC), com 103 mil votos; Adalberto Cavalcanti (PTB), com 99 mil; e Zeca Cavalcanti, com 95 mil.

O único candidato eleito pela Juntos Pelo Imposto Único foi Kaio Maniçoba (PHS), filho da Prefeita de Floresta Rorró Maniçoba, com 28 mil votos.

Dentre as surpresas, a não reeleição de nomes do PT como Pedro Eugênio e Fernando Ferro.

Veja Deputados Federais eleitos por Pernambuco: 

Eduardo da Fonte (PP) – 280.985

Pastor Eurico (PSB) – 230.719

Jarbas Vasconcelos (PMDB) – 225.906

Felipe Carreras (PSB) – 186.219

Anderson Ferreira (PP) – 148.390

Daniel Coelho (PSDB) – 137.783

Bruno Araújo (PSDB) – 131.646

Sebastião Oliveira (PR) – 114.106

Danilo Cabral (PSB) – 111.110

Fernando Filho (PSB) – 110.205

Tadeu Alencar (PSB) – 100.823

André de Paula (PSD) – 100.606

Gonzaga Patriota (PSB) – 98.098

Marinaldo Rosendo (PSB) – 97.123

Betinho Gomes (PSDB) – 96.743

Mendonça Filho (DEM) – 87.896

Luciana Santos (PCdoB) – 84.439

Sílvio Costa (PTB) – 102.889

Adalberto Cavalcanti (PTB) – 97.086

Zeca Cavalcanti (PTB) – 95.087

Ricardo Teobaldo (PTB) – 92.193

Wolney Queiroz (PDT) – 86.467

Jorge Corte Real (PTB) – 83.883

Kaio Maniçoba (PSL) – 27.692

1 Comentário

Veja os Estaduais eleitos e reeleitos Pernambuco

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014
Pastor Cleiton Collins (PP) foi o mais votado para a Assembleia

Pastor Cleiton Collins (PP) foi o mais votado para a Assembleia

Além de eleger o governador Paulo Câmara e o senador Fernando Bezerra Coelho, a Frente Popular de Pernambuco também conquistou a maioria das vagas na Assembleia Legislativa Estadual. Neste domingo (5), 26 deputados estaduais da coligação foram eleitos. Entre eles, quatro dos cinco mais votados em Pernambuco: Presbítero Adauto Santos (PSB), Raquel Lyra (PSB), André Ferreira (PMDB) e Simone Santana (PSB).

Em segundo lugar, a Pernambuco vai mais longe levou 12 cadeiras na Assembleia Estadual. O destaque da coligação ficou para Guilherme Uchôa, do Partido Democrático Trabalhista, que conquistou mais de 69 mil votos. Com apenas cinco vagas, Pernambuco Que Eu Quero teve o deputado estadual mais votado do pleito: o Pastor Cleiton Colins, com  217 mil votos.

Completam a Assembleia Legislativa Estadual: a Frente Pela Redução da Carga Tributária (com 2 vagas), Unidos Pela Redução da Carga Tributária (2), Unidos Pela Redução dos Impostos (1) e Mobilização Por Poder Popular. O último, por sinal, elegeu o candidato Edilson Silva, que foi o terceiro mais votado para vereador em 2012, mas não foi eleito pelo quociente eleitoral.

Veja os Deputados Estaduais reeleitos e eleitos, segundo o TRE:

PASTOR CLEITON COLLINS – PP – 216.874

PRESBITERO ADALTO SANTOS – PSB – 158.874

RAQUEL LYRA – PSB – 80.879

ANDRÉ FERREIRA – PMDB – 74.448

SIMONE SANTANA – PSB – 73.178

GUILHERME UCHOA – PDT – 69.785

SILVIO COSTA FILHO – PTB – 67.791

JOAQUIM LIRA – PSD – 67.584

RODRIGO NOVAES – PSD – 64.456

ALBERTO FEITOSA – PR – 62.332

ODACY AMORIM – PT – 61.772

NILTON MOTA – PSB – 60.787

LUCAS RAMOS – PSB – 58.515

WALDEMAR BORGES – PSB – 57.539

MANOEL SANTOS – PT – 55.310

MIGUEL COELHO – PSB – 55.172

FRANCISMAR – PSB – 53.015

ERIBERTO MEDEIROS – PTC – 52.559

LULA CABRAL – PSB – 50.886

HENRIQUE QUEIROZ – PR – 50.882

BISPO OSSESIO SILVA – PRB – 49.993

VINÍCIUS LABANCA – PSB – 49.450

CLODOALDO MAGALHÃES – PSB – 48.729

CLAUDIANO FILHO – PSDB – 48.459

ALUISIO LESSA – PSB – 48.162

PRISCILA KRAUSE – DEM – 47.882

JÚLIO CAVALCANTI – PTB – 47.685

AGLAILSON JUNIOR – PSB – 44.781

ÁLVARO PORTO – PTB – 44.622

DIOGO MORAES – PSB – 44.562

ROGERIO LEÃO – PR – 44.145

JOSE HUMBERTO CAVALCANTI – PTB – 43.603

ÂNGELO FERREIRA – PSB – 42.640

TONY GEL – PMDB – 42.152

ROMÁRIO – PTB – 42.115

SOCORRO PIMENTEL – PSL – 42.101

PEDRO SERAFIM NETO – PDT – 41.405

RICARDO COSTA – PMDB – 41.140

TERESA LEITÃO – PT – 38.470

AUGUSTO CÉSAR – PTB – 37.410

EDILSON SILVA – PSOL – 30.435

EDUINO – PHS – 30.115

ZÉ MAURÍCIO – PP – 27.815

JOÃO EUDES – PRP – 27.660

DR. VALDI – PP – 25.550

BETO ACCIOLY – SD – 24.840

PROFESSOR LUPERCIO – SD – 24.739

EVERALDO CABRAL – PP – 20.062

SOLDADO JOEL DA HARPA – PROS – 19.794

1 Comentário

Sessões em áreas rurais de Serra e Carnaubeira atrasaram resultado final do TRE

Publicado em Notícias por em 6 de outubro de 2014
Voto biométrico causou alguns problemas, mas não determinou atraso no resultado final, diz TRE

Voto biométrico causou alguns problemas, mas não determinou atraso no resultado final, diz TRE

Segundo o TRE,a demora no resultado final da apuração se deu por conta de sessões distantes da área urbana nas cidades de Carnaubeira da Penha e Serra Talhada.

Em Carnaubeira, sessões em uma comunidade afastada da sede provocaram a demora. Em Serra Talhada, a distância das sessões de comunidades rurais também atrapalhou o repasse dos dados.

O resultado oficial com 100% apurados saiu por volta das 23h30, uma hora e meia depois da previsão do TRE, dez da noite.

Clique aqui e comente sobre isto

Com exceção de Serra, cidades do Pajeú ficam sem representação na Câmara

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

20140524043514_cv_anchieta_patriota_ficha_suja_gdeCom exceção de Serra Talhada, o restante do Pajeú ficou sem representação na Assembleia Legislativa. Quem chegou mais perto foi Anchieta Patriota. Obteve 31.253 votos que não foram suficientes. Em uma nota no Facebook, ele agradeceu à população e militância. “Infelizmente não foi possível, mas reafirmo compromisso com o projeto de Eduardo e Câmara”, afirmou.

aline-marianoAline Mariano, filha de Afogados da Ingazeira, que é vereadora do Recife foi candidata e obteve 23.731 votos. Ela foi a terceira mais votada na cidade com 2006 votos.

Seu tio, o ex-vereador Heleno Mariano agradeceu à votação e disse estar satisfeito. “Depois de Antonio Mariano, ela foi a filha da terra que mais teve votos”, disse, fazendo comparação com as votações de Totonho Valadares e José Patriota, quando candidatos a Estadual.

Candidato a Estadual radicado no Pajeú, o PM Itamar França obteve 628 votos. Já o iguaraciense Américo Barros, 1.708.

 

 

1 Comentário

Câmara credita vitória a Eduardo

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014
Foto Aluísio Moreira_1
“Credito esta vitória à consciência do povo pernambucano de que a forma de governar que Eduardo Campos e a Frente Popular implantaram no Estado é a correta. O modelo que olha para os que mais precisam, escuta a população, é transparente e entrega resultados.” Assim, o governador eleito Paulo Câmara (PSB) definiu a sua eleição para o Governo de Pernambuco, no primeiro turno, confirmada neste domingo (5). Com 68,1% dos votos válidos, a 99% da apuração, o socialista conquistou a maior vitória entre todos os estados brasileiros, impondo sobre seu adversário uma vantagem de mais de 1,6 milhão de votos.
O socialista concedeu entrevista coletiva na noite deste domingo, no Recife Monte Hotel, em Boa Viagem, para falar do resultado que confirmou sua missão de, a partir de janeiro de 2015, levar adiante as transformações iniciadas em Pernambuco pelo ex-governador Eduardo Campos. Paulo estava acompanhado de seus companheiros de chapa majoritária: o vice, Raul Henry (PMDB), e Fernando Bezerra Coelho (PSB), que também foi eleito neste domingo para o Senado. Ao lado do candidato vitorioso também estavam o prefeito do Recife,  Geraldo Julio (PSB), os filhos e a viúva de Eduardo, Renata Campos, o presidente do PSB Estadual, Sileno Guedes, e outras lideranças da Frente Popular.
Fernando Bezerra, por sua vez, apontou a dimensão da vitória do companheiro. “Eu sempre disse que quanto mais votos Paulo tivesse, mais líder ele seria. A vitória que ele teve confirmou isso. Ele é o meu líder. E o de todos nós”, afirmou o futuro senador, que por sua vez impôs uma vantagem de mais de 1 milhão de votos sobre o principal adversário, com 64,36% dos votos válidos.
PRAÇA – Tradicional ponto de comemorações da Frente Popular, a Praça de Casa Forte recebeu  no início da noite, antes da coletiva, o futuro governador de Pernambuco. Ao lado do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB) e de familiares do ex-governador Eduardo Campos, Paulo percorreu as ruas que contornam o equipamento em carro aberto. 
1 Comentário

Armando apos derrota: “Onde estivermos, vamos defender os interesses do povo de Pernambuco”‏

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

ARMANDO MONTEIRO, CANDIDATO AO GOVERNO DE PE PELA COLIGACAO ¨PE

O senador licenciado Armando Monteiro (PTB) avaliou o resultado das urnas na eleição deste domingo (5). “Onde estivermos, nós estaremos nas trincheiras trabalhando para defender os interesses do povo de Pernambuco”, disse, durante entrevista coletiva à imprensa, ao lado de seus companheiros de chapa na Coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Paulo Rubem Santiago (PDT/Vice) e João Paulo (PT/Senador).

Armando sublinhou que agora encara o desafio de representar uma parcela significativa da população pernambucana. “Nos sentimos com a responsabilidade de representar mais de um terço da população que confiou o voto em nossa candidatura”, disse o senador licenciado. Em seguida, o petebista agradeceu o apoio e o papel desempenhado por Paulo Rubem e João Paulo, sobretudo nos momentos mais importantes da campanha.

Em seu pronunciamento, Armando Monteiro reforçou seu empenho em reeleger a presidente Dilma Rousseff (PT), que se encaminha para disputar o segundo turno da eleição presidencial. “Eu reafirmo o nosso compromisso de lutar nessa etapa para reeleger a presidente Dilma Rousseff. Estaremos engajados nessa candidatura”, confirmou o líder petebista.

Companheiro de chapa de Armando, João Paulo endossou o compromisso de trabalhar pela reeleição da presidente Dilma, no intuito de manter o projeto iniciado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que vem garantindo os avanços para a população mais pobre do Brasil. “As urnas mostraram o resultado. Agora é cuidar da reeleição da presidente Dilma”, concluiu o petista.

1 Comentário

Tuparetama: Ângelo Ferreira e Ricardo Teobaldo mais votados

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

tupt

1 Comentário

Serra: Manoel Santos e Sebastião Oliveira majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Nomes como Augusto César, Rogério Leão e Marquinhos Dantas tiveram boa votação. Pedro Eugênio , que perdeu vaga na Câmara também foi bem votado. Decepção foi votação que Carlos Evandro deu a Lucas Ramos.

serra2

Clique aqui e comente sobre isto

Em Brejinho, Ângelo e Gonzaga Patriota majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

brejinho

Clique aqui e comente sobre isto

Iguaraci: Romário e Ricardo Teobaldo majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

iguara

Clique aqui e comente sobre isto

Itapetim : mais um reduto onde socialistas foram majoritários no Pajeú

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Com exceção de Dilma, Câmara, Bezerra Coelho, Ângelo Ferreira e Gonzaga Patriota majoritários

itapetim

Clique aqui e comente sobre isto
Damol

Santa Terezinha: Labanca e Eduardo da Fonte majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Dilma, Câmara e Bezerra também  majoritários

sta terezinnha

Clique aqui e comente sobre isto

Rogério Leão e Sebastião Oliveira majoritários em Calumbi

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Dilma, Paulo e Fernando também majoritários na cidade

calumbi

Clique aqui e comente sobre isto

Solidão: Augusto César e Ricardo Teobaldo majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Armando, Dilma e João Paulo também majoritários

solidao

Clique aqui e comente sobre isto

Em Ingazeira, candidatos de Luciano saem majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Ângelo Ferreira, Fernando Filho, Câmara e Bezerra Coelho foram mais votados. Só não foi possível fazer Marina Majoritária

ingazeira

Clique aqui e comente sobre isto

Quixaba: Alberto Feitosa e Sebastião Oliveira majoritários em Quixaba

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Dilma, Câmara e Fernando também majoritários

quixaba

Clique aqui e comente sobre isto

Câmara e Bezerra Coelho foram majoritários em Itapetim

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

2

Clique aqui e comente sobre isto

Em Tabira, Anchieta Patriota e Ricardo Teobaldo majoritários

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Dilma, Armando e João Paulo também mais votados

tabira

Clique aqui e comente sobre isto

Floresta deu Armando e Kaio Maniçoba

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

cats

Clique aqui e comente sobre isto

Em Serra Talhada Armando saiu na frente

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

cats

Clique aqui e comente sobre isto

São José do Egito: Ângelo Ferreira (estadual) e Dilson Peixoto (Federal) os mais votados.

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Dilma, Câmara e Bezerra Coelho também saem majoritários

sao jose

Clique aqui e comente sobre isto

Augusto César e Sílvio Costa majoritários em Santa Cruz.

Publicado em Notícias por em 5 de outubro de 2014

Armando e João Paulo bateram Câmara e FBC

santa cruz

Clique aqui e comente sobre isto