Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Opinião: liturgia do papel de prefeita eleita exige postura

Publicado em Notícias por em 17 de novembro de 2020

Caro Nill Júnior,

Infelizmente alguns candidatos não têm maturidade mesmo para gerir a coisa pública. Com todo respeito aos que elegeram a Nicinha ao pleito eleitoral desse ano, ela está muito aquém do cargo que lhe foi confiado. Lamentável!

Esquece essa senhora, quem concorre a um cargo público, concorre para ser servidor de todos os contribuintes e cidadãos, eleitores seus ou não.

Se não usa de civilidade para com o adversário derrotado, imagina como não será o desrespeito na gestão da coisa pública. Falta noção.

Até no futebol são exigidas dos jogadores comemorações respeitosas com os outros.

Imagina-se e espera-se de uma pretensa futura autoridade pública que deva ser exemplo de boa convivência para população. Equilíbrio sempre cai bem.

José de Arimatéia – empresário e tabirense

Deixar um Comentário