Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Flores: gado é comercializado em cima de caminhões no centro da cidade

Publicado em Notícias por em 14 de abril de 2022

Base governista na Câmara rejeitou indicação para reforma e requalificação do curral do gado do município. Sem opção, feirantes negociam animais no centro da cidade. 

O vereador oposicionista Pablo Andrada (MDB) denunciou nas redes sociais a situação vivida pelos feirantes de gado e produtores rurais da cidade de Flores, que estão negociando seus animas em cima de caminhões no centro da cidade, uma vez que o curral do gado localizado na saída para Sítio dos Nunes está desativado por falta de infraestrutura há vários anos.

O vereador alega que após ser procurado por feirantes e populares, apresentou uma indicação na Câmara Municipal solicitando do Poder Executivo a requalificação do curral do gado, com implantação de refeitórios e salas de reuniões.

Curiosamente, a indicação foi rejeitada pela base governista sem nenhuma justificativa. O resultado foi 6×4 contra a indicação. Segundo o parlamentar, há uma recomendação do Executivo para a base rejeitar todas as proposições apresentadas pela oposição.

“Como se sabe, as instalações do curral do gado de Flores estão destruídas e os usuários atualmente realizam a feira em área urbana do Município, nas imediações da Igreja Católica. A área é totalmente inadequada para a realização da feira, seja por conta do fluxo de populares e falta de estrutura para exposição dos animais, ou pela falta de segurança para os usuários. Todavia, como não há outra opção, os comerciantes e produtores rurais se veem obrigados a negociar seus animais em perímetro urbano”, diz o texto da Indicação nº 003/2022.

A feira de gado improvisada no centro de Flores vem sendo denunciada nas redes sociais. Além dos transtornos causados no local e dos riscos para a segurança dos populares, os animais são mantidos em condições insalubres e de maus-tratos, sem água, alimentos e expostos ao sol em cima de caminhões, em total desacordo com as normas sanitárias e de bem-estar animal.

O blog tentou ouvir a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Flores e o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Heleno, mas ainda não obteve retorno.

Deixar um Comentário