Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Coluna do Domingão

Publicado em Notícias por em 19 de setembro de 2021

Palácio dá a bênção à candidatura de José Patriota

Os prefeitos Alessandro Palmeira (Afogados), Djalma Alves (Solidão), Anchieta Patriota (Carnaíba), Luciano Torres (Ingazeira), Luciano Bonfim (Triunfo), além de Flávio Marques, ex-candidato a prefeito de Tabira, estiveram reunidos nesta semana com o governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas.

A informação tornada pública foi a de que a reunião “discutiu assuntos de interesse da região”.

Para o prefeito de Afogados, Alessandro Palmeira, o saldo do encontro foi positivo. “O governador Paulo Câmara se mostrou aberto ao diálogo e pronto para apoiar os projetos de desenvolvimento da nossa cidade e de toda região”, afirmou.

Mensagem subliminar é o que impera no texto publicado pelo próprio José Patriota.  “Assuntos de interesse”, “projetos de desenvolvimento”, tudo é traduzido em uma frase: o governador Paulo Câmara abençoou o projeto “Patriota 2022”.

O blog teve acesso aos bastidores do encontro. Dos líderes políticos presentes, todos, à exceção de Djalma de Solidão, cravaram apoio ao presidente da AMUPE.

Djalma já tinha dito publicamente que espera pelo Palácio uma definição.  Seu estadual era Clodoaldo Magalhães,  que disputará mandato Federal. O socialista quer uma arrumação que coloque Paulo Jucá como nome apoiado por Djalma. O prefeito de Solidão,  coitado, de tão apertado de um lado e do outro quer que o Palácio resolva a pendenga e bote a mão apontando um rumo pra ele.

Outra questão que não foi amarrada ainda envolve o apoio do prefeito de Itapetim,  Adelmo Moura.  Ele também disse que é  “homem de partido” e só troca de estadual – vota em Aglailson Victor  – com um comando de Paulo, Sileno e cia. Há também o “fator Paulo Jucá” envolvido, já que o Secretário egipciense tem desejo de firmar mais apoios no Alto Pajeú,  e Itapetim é estratégica. Registre-se,  é importante a chance de, a reboque, Zé Vanderlei e Tânia Maria, de Brejinho, seguirem Adelmo.

Pelo que o blog apurou,  Patriota chegou a ser cantado para assumir a presidência estadual do PSB no lugar de Sileno Guedes,  que pode disputar mandato estadual ano que vem. Sabendo o tamanho do abacaxi, que muito exige e pouco oferece,  Zé Coimbra disse “não”.

Dias antes, tiveram um encontro com o prefeito de Recife, João Campos, que também se mostrou entusiasta da candidatura.  João estaria pensando no apoio da Frente Popular a Pedro Campos, seu irmão,  para Federal. Mas a leitura dos que defendem Patriota é a do “apoio trocado”. Podem até seguir Pedro, desde que João encontre espaço para José no Recife.

Sobre a reunião com Paulo, Patriota reconhece que na oportunidade, recebeu gestos de apoio à sua pré-candidatura a deputado estadual para a eleição de 2022. “A reunião demonstra o quão os prefeitos estão sempre empenhados na resolução de problemas em prol da melhoria de vida da população sertaneja, tendo reconhecimento do executivo estadual”, concluiu.

O blog traduz: “a reunião demonstra que os prefeitos estarão comigo, apoiando meu projeto para a disputa de um mandato estadual em 2022. E com Paulo dizendo ‘Deus abençoe’, quem quiser pode chegar”…

Herdeiro do trono

Em Iguaracy os rumores sobre 2024 começaram.  O vice, Pedro Alves,  teria interesse em suceder Zeinha Torres.  Mas aliados do prefeito dizem que o coração político dele bate por Marcos Henrique,  o Marquinhos, Secretário de Administração e voz mais ouvida abaixo do gestor nas definições do governo.

Sinuca

Com habilidade jurídica, Sávio Torres já havia driblado muitas decisões de órgãos de controle e colegiado e conseguido até aqui mantido seus direitos políticos.  Ganha um grande desafio de manter essa escrita com a rejeição das contas de 2007 pela Câmara de Tuparetama.

Luz, câmera… 

Até hoje, não foi liberada a contrapartida da Empetur prometida por Rodrigo Novaes para o Cine São José. O projeto foi entregue,  analisado, estudado, mas o recurso, prometido em fevereiro, continua travado.

A depressão de Geraldo 

Uma fonte palaciana diz que é de 100% a possibilidade de Geraldo Júlio não disputar o governo estadual ano que vem. O que imaginava-se blefe, virou realidade. O ex-prefeito do Recife lutou inclusive contra um quadro de depressão.

Quem vai?

Com isso, abre-se a interrogação sobre quem deve substituir o socialista. Na bolsa de apostas, nomes como Tadeu Alencar,  Danilo Cabral e Fernandha Batista.  O fato de ser mulher, estar tocando obras e não ter rejeição estaria pesando para a Secretária.

Homenagens

Câmaras de Vereadores de toda a região estão aprovando votos de pesar pela morte do radialista Anchieta Santos há pouco mais de uma semana.  E por iniciativa do vereador César Tenório aprovada pelos pares, a cabine da Rádio Pajeú no Vianão receberá o nome do apresentador.

Desafio

A nova programação da Rádio Pajeú entrará no ar dia 4 de outubro, data do aniversário de 62 anos da emissora. As mudanças serão anunciadas até o dia 27, uma semana antes.  O desafio é encontrar um caminho com a lacuna deixada pelo Comunicador do Povo.

Entrega, não inaugura

A prefeita Márcia Conrado prometeu uma saída para o drama da superlotação do cemitério de Serra Talhada. Um espaço privado do grupo BM e uma expansão em área pública estão no projeto, que precisa andar,  dada a calamidade atual. Ela só faz questão de não inaugurar. Em Sucupira, Odorico Paraguaçu fez um cemitério,  mas não morria ninguém.

Frase da semana:

“Quem me colocou aqui foi Deus e somente ele me tira daqui”.

Do Presidente Jair Bolsonaro na agenda em Minas Gerais.  Deus mandou avisar que não tem nada a ver com isso.  “Quem pariu Jair que balance”.

Deixar um Comentário