Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Afogados da Ingazeira e Serra Talhada ganharão iluminação pública de led

Publicado em Notícias por em 30 de março de 2022

Iniciativa faz parte do programa de Eficiência Energética da Neoenergia. Novas lâmpadas têm vantagens como ganho energético, menor custo de manutenção, maior conforto visual e melhor visibilidade

A Neoenergia promoverá, a partir de abril, a eficientização de mais de 7.500 lâmpadas de Iluminação Pública (IP), de 14 municípios pernambucanos. Entre as cidades contempladas estão Afogados da Ingazeira e Serra Talhada, que juntas com Parnamirim receberão cerca de 2.500 lâmpadas com a tecnologia LED. 

Além de contribuir para a economia na fatura das prefeituras com o uso racional da energia, o projeto também influencia diretamente na segurança dos moradores. 

Existem pesquisas que comprovam a relação entre a iluminação pública e a segurança, indicando que quanto mais iluminado, mais seguro o local fica. A ação faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Neoenergia Pernambuco, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Além de Serra Talhada, Afogados da Ingazeira e Parnamirim, outros municípios beneficiados pela iniciativa são Barra de Guabiraba, Bezerros, Ibirajuba, Lagoa do Ouro, Angelim, Jucati, Capoeiras e Paranatama, no Agreste; e Jaqueira, São Benedito do Sul e Tracunhaém, na Zona da Mata. Os critérios de seleção dos municípios foram elaborados em conjunto com a Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE). 

As lâmpadas com tecnologia LED têm vantagens como ganho energético, redução com custos de manutenção, maior conforto visual e melhor visibilidade em relação às convencionais, feitas de vapor de sódio ou metálico. 

O modelo de LED é também mais sustentável, por não conter produtos químicos que, descartados de forma incorreta, podem prejudicar o meio ambiente.

“Com as medidas de eficiência energética na iluminação pública, espera-se uma economia de energia que pode chegar até 50% em algumas cidades. O benefício não é apenas na redução da conta de energia, os custos com manutenção também são reduzidos, já que a vida útil das lâmpadas de LED é superior aos sistemas convencionais”, afirma a gerente de Eficiência Energética da Neoenergia, Ana Christina Mascarenhas.

PRÉDIOS PÚBLICOS

A Neoenergia substituiu mais de 108 mil lâmpadas ineficientes por LED, em 403 prédios públicos e Organizações Não-Governamentais, em 2021. O trabalho foi realizado em escolas, unidades de saúde, unidades militares, sedes administrativas e vários outros espalhados por 16 municípios. 

A iniciativa, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Neoenergia Pernambuco, regulado pela Aneel, teve investimento de R$ 3,7 milhões e representou uma economia de 3,23 GWh/ano no consumo desses prédios, o suficiente para abastecer mais de 85 mil consumidores por 30 dias. Isso porque a tecnologia LED consome até 40% menos do que as tradicionais.

Deixar um Comentário