Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Pajeú tem que ter calendário próprio de retomada das aulas, diz Secretário em SJE

Publicado em Notícias por em 7 de fevereiro de 2021

Henrique Marinho diz que municípios do Pajeú não tem condições de retomar aulas como quer o Estado

O Secretário de Educação de São José do Egito, Henrique Marinho, disse hoje ao Debate do Sábado que a região do Pajeú deve ter protocolo próprio de retomada das aulas e não seguirá o cronograma estadual.

Como noticiado, Pernambuco liberou o retorno gradual das aulas presenciais nas redes públicas estadual e municipais para os estudantes do ensino fundamental e infantil.

A retomada ocorre a partir de 1º de março, um ano depois da suspensão total devido à pandemia. O anúncio foi feito em pronunciamento transmitido pela internet.

O retorno das aulas acontece em três etapas, uma a cada semana, e será opcional para os pais que decidirem enviar os filhos às escolas.

A retomada, segundo o governo, ocorre em 1º de março para os alunos entre o sexto e nono ano. No dia 8 do mesmo mês, voltam os estudantes do primeiro e quinto ano. A partir do dia 15 de março, a autorização é para o ensino infantil.

Mas, segundo o Secretário, não há condições de seguir esse protocolo e cronograma do estado.

“Temos problemas em comum no Pajeú. A solução que São José terá vai funcionar para Tabira, Itapetim e outras cidades. É um protocolo inviável para nossa região”.

Marinho disse que vê com preocupação dois discursos. “O Secretário de Saúde dizendo que a situação é preocupante e o governador falando em condições de volta na maior rede de contágio que é da rede escolar”.

Ele reclama também que o Secretário de Educação, Marcelo Barros, tem imposto a discussão “de cima pra baixo”. A ideia é trazer o MP e os Sindicatos dos professores para a discussão.

Deixar um Comentário