Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?



Yane Marques termina na 23ª colocação, mas é aplaudida por torcida no Rio

Publicado em Notícias por em 19 de agosto de 2016
Yane sai aplaudida, apesar da colocação: orgulho,independente da posição

Yane sai aplaudida, apesar da colocação: orgulho,independente da posição

Medalha de bronze do Brasil na Olimpíada de Londres 2012 no pentatlo moderno,  a brasileira Yane Marques não conseguiu passar nem perto do bom resultado obtido quatro anos atrás, na edição deste ano, no Rio de Janeiro.

Depois de um começo ruim na esgrima, na última quinta-feira, ela teve resultados regulares no segundo dia de provas e acabou ficando na 23ª colocação. A medalha de ouro ficou com a australiana Chloe Sposito. A prata foi para a francesa Eloide Clouvel e o bronze foi da polonesa Oktawia Nowacka.

Yane Marques se complicou na disputa do pentatlo moderno logo na primeira prova. Na esgrima, que é uma de suas modalidades fortes, ela não teve um bom desempenho e perdeu 19 jogos. Foram apenas 16 vitórias e a 21ª colocação.

Nesta sexta-feira, na natação, a pernambucana conseguiu o nono tempo (2m14s14) e ganhou algumas posições, mas vacilou novamente na rodada bônus da esgrima e não conseguiu encostar nas líderes. A penúltima prova foi o hipismo, e a 16ª colocação novamente não lhe rendeu melhores posições no ranking.

O fechamento do pentatlo foi no evento combinado de corrida com tiro, que historicamente não traz bons resultados para Yane. Ela largou na 16ª colocação – 1m07s atrás da líder – e terminou a prova em 23º. Mesmo assim, o público – incluindo alguns sertanejos – aplaudiram a pentatleta afogadense.

A grande surpresa da disputa do pentatlo moderno foi a australaina Chloe Sposito, que não apareceu nas primeiras posições nos primeiros eventos, mas teve uma recuperação impressionante na prova combinada de tiro e corrida e acabou conquistando o ouro.

Deixar um Comentário