Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Dengue começa a preocupar no Sertão

Publicado em Notícias por em 10 de março de 2015
dcdd42b58b02f4d173573d95777e1c75

Representantes de X Geres e Secretaria Municipal de Saúde, Ana Ramalho, Alexandra Noé e Madalena Brito trataram do tema no Debate das Dez de hoje

A denúncia preocupante foi feita na tribuna da Câmara durante a sessão da noite de ontem pela vereadora Maria Nelly, informa Anchieta Santos ao blog.

Ela disse que o médico Dr. Gilson Brito, que é seu irmão,  estava de plantão no Hospital Municipal e teria notificado somente ontem, oito casos de pacientes com sintomas da dengue. Assustado, o vereador Djalma das Almofadas pediu a intervenção do carro fumacê.

No Pajeú, as cidades onde há mais incidência de notificações segundo a X Geres são São José do Egito e Afogados da Ingazeira. Mas há uma preocupação redobrada com as chuvas que estão caindo, geralmente seguidas de períodos de sol que contribuem para a proliferação do Aedes Aegyphty.

Não bastasse o problema da dengue, agora o mosquito também é vetor da febre Chicungunha, tão agressiva quanto a dengue e com sintomas que vão além dos da doença.

Ontem foi noticiado que  até o último dia de fevereiro foram 4.381 casos suspeitos de dengue no Estado. O aumento nesses dois primeiros meses do ano é maior que o dobro do mesmo período de 2014.

Na lista dos que têm mais doentes por 100 mil habitante, entre 4 de janeiro e 28 de fevereiro, estão Custódia (328,84) e Inajá (316,65), com alta incidência; Ibimirim (271,10), Sertânia (227,23), Pedra (203,62), Chã de Alegria (198,40), Surubim (153,53), São José do Egito (141,62), Frei Miguelinho (119,71) e Goiana (116,24), com média incidência, informa a SES.

Deixar um Comentário