Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Zé Negão diz que ainda não sentou com ninguém sobre 2024 em Afogados. “Primeiro tem a eleição desse ano”

Publicado em Notícias por em 3 de agosto de 2022

O ex-vereador e candidato a Deputado Federal Zé Negão,  do Podemos,  esteve no Debate das Dez de hoje na Rádio Pajeú.

Zé falou dos passos de sua candidatura e negou que esteja candidato para marcar posição em relação às eleições de 2024.

“Estou com 53 anos. Passei dessa época de fazer brincadeira com política.  Sou candidato a Federal e há possibilidade de ganhar”, afirmou.

Zé disse que deverá ser votado em todo o Pajeú e falou de cidades de outras regiões do Estado que tem visitado.  Em Afogados da Ingazeira,  sua principal base, evitou dizer se acha que será majoritário,  mas afirmou que pode surpreender,  criticando os irmãos Campos.  “Um foi candidato,  o João Campos,  não veio nem agradecer os votos. Agora já estão apoiando o Pedro Campos.  O povo vê isso”.

Zé reforçou seu apoio à candidatura de Miguel Coelho dizendo que ele ele deve ser o nome das forças de oposição que vai para o segundo turno.  Na mesma análise,  criticou o governo Paulo Câmara,  citando a situação das estradas e disse que a população cansou do ciclo socialista,o que explica a atual posição de Danilo Cabral nas pesquisas.

Sobre Afogados, garantiu que não conversou com Evângela Vieira sobre um alinhamento em 2024 para formar um bloco de combate à Frente Popular,  mas afirmou que não se fecha a essa possibilidade.  “Mas primeiro tem a eleição de 2022”.

Também criticou o prefeito Sandrinho.  “A promessa dele de que iria cuidar dos bairros e zona rural não está sendo cumprida.  Basta ouvir as rádios.  Aqui na Pajeú antes as reclamações eram da Compesa.  Agora são da prefeitura”, criticou.

Deixar um Comentário