Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Pajeú tem “crimes de cidade grande” em comunidades tidas como pacatas

Publicado em Notícias por em 22 de julho de 2016
O corpo do idoso José Evaristo de Lima em uma calçada de Solidão. Ao lado, os acusados Alex Sandro Rodrigues Oliveira da Silva, 21 anos e Eduardo Guilherme da Silva, 25, autor das facadas.

O corpo do idoso José Evaristo de Lima em uma calçada de Solidão. Ao lado, os acusados Alex Sandro Rodrigues Oliveira da Silva, 21 anos e Eduardo Guilherme da Silva, 25, autor das facadas. S1 Notícias/Divulgação

Conhecido pela tradicional tranquilidade interiorana, a bela Solidão viveu tarde e terror e revolta com a morte de um idoso de 86 anos, José Evaristo de Lima, por motivos fúteis. Ele foi morto a facadas em frente a sua residência na Rua Nova, no centro da cidade.

O autor foi o ex-presidiário Eduardo Guilherme da Silva. Ele já havia sido condenado por um homicídio de um adolescente em, 2011, mas estava solto por conta do relaxamento da prisão. A briga começou porque Eduardo teria pedido dinheiro ao idoso. A vítima é tio da vereadora afogadense Antonieta Guimarães.

IMG-20160721-WA0085

José Leite Barbosa da Silva.

Eduardo, de 25 anos, agiu com o irmão Alex Sandro Rodrigues Oliveira da Silva, 21 anos. A polícia teve muito trabalho. Primeiro, homens a pé prenderam os acusados. Depois, precisaram de reforço para evitar que Eduardo fosse morto, linchado em via pública. Ele foi autuado em flagrante.

Após serem detidos, a população motivada pelo sentimento de revolta, tentou tomar os acusados da guarda e tutela do policiamento, que com o apoio do efetivo da 2ª CPM- Tabira, conseguiu conduzir  os mesmos para a sede Pelotão de Solidão.

Entretanto a população tentou invadir a  unidade para capturar os acusados. Foi necessário o deslocamento de uma terceira equipe para a cidade.

Preso acusado de estupro em zona rural: Já em Afogados da Ingazeira, foi preso em flagrante no Povoado de Arara, município de Tabira, José Leite Barbosa da Silva.

Na quarta-feira, ele estuprou uma estudante de 15 anos que descia de um ônibus escolar no Sitio Jiquiri, área rural do município de Afogados da Ingazeira.

O acusado estava escondido na residência de uma tia. José Leite Barbosa da Silva foi encaminhado a DPC-Afogados da Ingazeira.

Deixar um Comentário