Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Leishmaniose: Em Serra, continua medo de surto. População cobra mais informações do executivo

Publicado em Notícias por em 26 de novembro de 2014

DSC06012

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada vem tentando, mas ainda não conseguiu afastar da população os rumores de um surto de leishmaniose. Em nota, chegou a informar à população que a situação estava controlada e que não havia mais risco de surto.

Mas, informações que chegam ao blog indicam que há muita apreensão na opinião pública.

Os relatos são de vários animais de rua com a doença, muitos capturados pelo centro de zoonoses e sendo sacrificados. Em seguida, os cães são levados para uma vala no lixão do município.

Nem os cães do irmão do prefeito escaparam. Segundo fonte, dois cães da raça rottwailer,   que pertenciam ao comerciante João Duque Filho, irmão do prefeito, também tiveram que ser sacrificados.

A população continua assustada. Vários donos de animais domésticos esperam uma posição do governo municipal com dados mais precisos como números reais de casos e cuidados que devem ser tomados.

ABAAAfrlcAF-2-1

O que causa o Calazar ou Leishmaniose?

O calazar é causado por picadas do mosquito-palha phlebotomina, vetor que transmite o parasite leishmania. Os mosquitos se alimentam de sangue de animais e de humanos para desenvolver seus ovos.

Se o sangue contendo parasitas leishmania for sugado de um animal ou de um humano, a próxima pessoa que for picada também será infectada e desenvolverá a leishmaniose.

Meses após a infecção inicial, a doença pode evoluir para uma forma mais grave, chamada leishmaniose visceral ou calazar.

Deixar um Comentário