Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

União Brasil oficializa nome de Miguel Coelho na disputa ao Governo de Pernambuco

Publicado em Notícias por em 31 de julho de 2022

Convenção aconteceu na tarde deste domingo, no Clube Internacional

Por André Luis

O União Brasil realizou na tarde deste domingo (31), no Clube Internacional, a convenção que oficializou a chapa da coligação “Pernambuco com força de novo”, composta por quatro partidos: União Brasil, Podemos, Patriota e PSC. 

Em Pernambuco a chapa é formada pelo candidato ao Governo do Estado, Miguel Coelho, sua vice, Alessandra Vieira e o advogado Carlos Andrade Lima, para o Senado.

Em seu discurso, Miguel destacou o encerramento da pré-campanha lembrando do percurso que fez. 

“Foram mais de 250 eventos, mais de 140 cidades visitadas por mim e por Alessandra. Por onde passamos fomos nos apresentando, falando do que tinham feito com Pernambuco e explicando o que queríamos fazer com o nosso Estado. E por onde passamos viemos trazendo novos apoios, novas adesões e novas biografias para somar ao nosso time e ao nosso projeto”, destacou Miguel.

Ele lembrou que a campanha de fato tem início a partir de hoje e disse estar com energia, gás, mas “acima de tudo, amor para poder mostrar a Pernambuco como o nosso povo merece ser tratado”.

Miguel reforçou o que vinha prometendo durante a sua pré-campanha, como construção de hospitais, e o que chamou de “safadeza da Compesa” e ainda sobre valorizar as policias e abertura de creches.

“Mas o maior recado que precisamos sair daqui na ponta da língua é que esse projeto liderado por Miguel e por Alessandra tem um objetivo muito simples, que é poder devolver a autoestima, orgulho e força do povo pernambucano”, destacou.

Mais uma vez Miguel voltou a dizer que não pretende nacionalizar o debate eleitoral, mostrando que quer ficar longe da polarização Lula X Bolsonaro.

Confiante de que conseguirá chegar ao segundo turno, Miguel disse que estenderá a mão para os adversários de agora.

“Por onde eu passo, as pessoas dizem: ‘se fizer metade do que fez em Petrolina, Pernambuco muda’. Eu vou fazer muito mais do que fiz em Petrolina essa é a missão da minha vida”, pontuou Miguel.

Deixar um Comentário