Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Ônibus com sertanejos são assaltados na BR 232, entre São Caetano e Caruaru

Publicado em Notícias por em 27 de fevereiro de 2015

Veículos da Progresso seguiam de Serra e Tabira a Recife com vários passageiros da região

O medo voltou a tomar conta de sertanejos que passam em ônibus pela BR 232. Esta madrugada, homens fortemente armados assaltaram dois ônibus da Progresso. Um  fazia a linha Tabira-Recife. Informações preliminares indicam que eram 21 passageiros no ônibus, que foi obrigado a parar no trecho da BR entre Tacaimbó e São Caetano.

Em um outro, que seguia de Serra Talhada a Recife, a ação foi similar. O  veículo, modelo de dois andares, também foi parado em trecho da BR. Todos foram assaltados.

O advogado Milton Oliveira estava no ônibus e relatou a ação a Rádio Pajeú.

“Estávamos a uns dez quilômetros de Caruaru. Já haviam assaltado um ônibus da Progresso que vinha de Serra Talhada e um da Princesa do Agreste. O carro atravessou na frente do ônibus. Primeiro o assaltante perguntou se havia polícia, depois mandou todo mundo por mãos na cabeça e ficar com a vista baixa”. Ele disse que a ação durou cerca de 20 minutos a meia hora.

Área onde ocorreu ação fica próxima à estação da Chesf em Tacaimbó. Foram 21  vítimas.

Área onde ocorreu ação fica próxima à estação da Chesf em Tacaimbó. Foram 21 vítimas.

Eles estavam em um veículo que fechou acesso ao  veículo e o obrigou a sair da estrada principal, seguindo para um trecho de terra à margem da pista, onde executaram a ação. Eram quatro homens.

Segundo os passageiros que viveram momentos de angústia, tudo que tinha valor foi levado pelos criminosos: dinheiro, relógios, celulares, nada foi poupado. Os que tiveram condições prestaram queixa agora cedo na delegacia do Derby, em Recife.

180714progresso

Passageiros prestaram queixa esta manhã na Delegacia do Derby. Foto ilustrativa

Outra informação dá conta de que os ônibus da Progresso estiveram entre três assaltados só esta madrugada, mostrando a ousadia dos criminosos. Não houve feridos, mas não são poucos os que, abalados com a ação, buscam forma de voltar para sua cidade de origem.

Deixar um Comentário