Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

O Blog e a História: Agnaldo Timóteo e os 50 anos da Rádio Pajeú

Publicado em Notícias por em 11 de abril de 2021

Esta semana, a Rádio Pajeú homenageou o cantor Agnaldo Timóteo,  falecido há uma semana aos 84 anos,  de Covid-19.

O Debate das Dez da última segunda relembra o legado do artista e trouxe seu último show em solo sertanejo. Foi em 2 de outubro de 2009 há pouco mais de dez anos, na festa dos 50 anos da Rádio Pajeú.

Agnaldo foi uma das principais atrações escolhidas,  justamente por sua ligação com a história da emissora.  Com 61 anos, a Rádio Pajeú acompanhou praticamente toda a carreira do artista.

O show foi fantástico.  Agnaldo não lembrava das outras passagens por Afogados da Ingazeira,  onde tocou na antiga Cabana. Nem lembrava que já havia dançado com Dona Lica, mãe de Carlos Gomes, que é lembrado pela mãe como Carrinho de Lica.

Também não fazia memória da cidade e da história contada por Alani Ramos.  Em uma de suas vindas à Cabana para uma apresentação,  Agnaldo conheceu uma portadora de necessidade especial que lhe revelou o sonho de ter sua própria casa.

O artista realizou seu sonho, adquirindo um imóvel que fica onde fica hoje a Rua Aparício Veras. Agnaldo tinha um grande coração.

No show, último de Agnaldo em terras sertanejas,  ele brincou e pedia café a todo momento.  Como Diretor de Programação da Rádio Pajeú,  num gesto de quem buscava intimidade, como faço com os chegados,  levei a mão a seu cabelo. Percebi que aquele era ambiente intocável. “Não toque no meu cabelo”.

Na entrevista  à Rádio,  disse porque sempre foi um artista recheado de polêmicas presente na mídia.  Lembrou que Orlando Santos foi sepultado assim como tantos outros sem nenhuma homenagem.  E disse àquela época sem meias palavras que da sua geração só havia dois artistas em evidência.  “Só Roberto Carlos e eu”.

A festa dos 50 anos da Pajeú,  em outubro de 2009, começou dia 01 com Ney Gomes, Eduardo Rodrigues, Genailson e Banda Forró Pesado, Nando Marques e Vozes do Campo no Centro Desportivo da cidade.

Na sexta, dia 2, as atrações foram Orquestra Anos Dourados e
Agnaldo Timóteo.

No sábado, dia 3, 20h, houve Sessão Solene da Câmara de Vereadores de Afogados da Ingazeira pelos 50 anos da Rádio Pajeú e entrega do título de Cidadão Afogadense ao Monsenhor João Carlos Acioly Paz, Gerente Administrativo.

Às 22h no Centro Desportivo, Maestro Forró e Orquestra da Bomba do Hemetério, Maciel Melo e Geraldinho Lins.

E Dia 4, 18h,  Missa em Ação de Graças presidida pelo Arcebispo de Vitória da Conquista-BA, Dom Luis Pepeu e 20h, Show “Consagração”, com o Pe. João Carlos Ribeiro na Avenida Rio Branco.

Deixar um Comentário