Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

João cresceu na hora que resolve

Publicado em Notícias por em 29 de novembro de 2020

A marcha da apuração já garante cravar a eleição de João Campos e a manutenção da hegemonia do PSB na capital e no estado.

A explicação já havia sido dada pela estatística.  Todas as pesquisas mostravam a curva de João Campos em ascendência, ou seja, subindo, enquanto Marília estagnava ou caía nas pesquisas.

Todos os institutos trouxeram números de anteontem e ontem. Em estatística, a curva não cessa com a divulgação do número.  Pode parecer incrível, mas nas últimas horas o pleito foi se definindo.

Some-se a isso o que é chamado de voto de estrutura. Indiscutivelmente a campanha socialista tinha a máquina a seu favor. Isso pesa na hora H.

O antipetismo durante a campanha, o racha interno do PT, o último debate da Globo – João aparentemente se saiu melhor em todos – e temas explorados como a história de “Marília e a bíblia” afetando o voto conservador, foram outros fatores agregados.

Como já havíamos destacado na Coluna do Domingão, vale o registro de que a campanha em Recife empobreceu o debate. Foi de longe o mais baixo nível dos últimos 30 anos, pior que Roberto x João Paulo.  Nessa disputa, deu empate técnico.

Deixar um Comentário