Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Através de Temmer, PT ensaia aproximação com PSDB para um possível segundo turno

Publicado em Notícias por em 17 de setembro de 2014

20140917103704937981u

A candidatura de Dilma Rousseff (PT) já ensaia uma aproximação com o PSDB, caso o cenário mostrado nas últimas pesquisas, de um segundo turno entre a petista e Marina Silva (PSB), seja consolidado no dia 5 de outubro. A aproximação, que ficaria à cargo do vice-presidente Michel Temer (PMDB), não tem a intenção de conseguir apoio tucano, mas sim, a neutralidade do PSDB no segundo turno.

A candidatura petista entende que para acirrar a disputa no embate direto diante de Marina, é necessário evitar que Aécio e demais tucanos declarem apoio à candidata do PSB. O objetivo é que, sem o apoio declarado do candidato e do PSDB, os eleitores do senador mineiro não tenham a “migração” para a candidatura de Marina como um caminho único e automático.

A mudança de Aécio para Marina já está sendo identificada em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, onde fatias do eleitorado que declaravam voto no tucano mudaram para a candidata do PSB. Para muitos, o voto em Marina, líder nas pesquisas no estado, seria um “voto útil”, que tem como prioridade a saída do PT do poder.

Deixar um Comentário