Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Sertão do Pajeú gera apenas 41 empregos formais em março

Publicado em Notícias por em 30 de abril de 2022

Melhor resultado do Sertão é de Inajá, com 114 postos formais. Pior resultado é de Lagoa Grande, que registrou saldo negativo (-164). No Pajeú, o melhor saldo é de Afogados da Ingazeira, com 14 vagas de trabalho. 

Por Juliana Lima 

O Sertão de Pernambuco registrou saldo de apenas 425 postos de trabalho formais no último mês de março, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged). 

No levantamento por região, os melhores saldos são do Sertão do Araripe, com 182 empregos, e Sertão do Moxotó, com 120. A região do Pajeú teve saldo de apenas 41 postos, o Sertão Central apenas 40, o Sertão do São Francisco apenas 22 e o Sertão de Itaparica apenas 19. 

Entre as maiores cidades sertanejas, apenas Araripina (87) e Salgueiro (37) tiveram saldo positivo. Serra Talhada (-11), Arcoverde (-27) e   Petrolina (-84) apresentaram saldo negativo no período. 

No Pajeú, tiveram saldo positivo apenas Afogados da Ingazeira (14),  Iguaracy (7),  Itapetim (6), Carnaíba (5), Tuparetama (5) e Flores (4). Os resultados mais negativos são de Tabira (-10), Brejinho (-11) e Serra Talhada (-11). 

Confira o ranking por região do Sertão:

Sertão do Moxotó 

  1.   Inajá (114)
  2.   Ibimirim (3)
  3.   Sertânia (3)
  4.   Betânia (-2)
  5.   Manari (-3)
  6.   Arcoverde (-27)
  7.   Custódia (-44)

Sertão do Pajeú

  1.   Afogados da Ingazeira (14)
  2.   Iguaracy (7)
  3.   Itapetim (6)
  4.   Carnaíba (5)
  5.   Tuparetama (5)
  6.   Flores (4)
  7.   Ingazeira (0)
  8.   Quixaba (0)
  9.   São José do Egito (0)
  10.                 Solidão (0)
  11.                 Calumbi (-2)
  12.                 Santa Cruz da Baixa Verde (-2)
  13.                 Triunfo (-2)
  14.                 Santa Terezinha (-4)
  15.                 Tabira (-10)
  16.                 Brejinho (-11)
  17.                 Serra Talhada (-11)

Sertão Central

  1.   Salgueiro (37)
  2.   Cedro (1)
  3.   Parnamirim (1)
  4.   São José do Belmonte (1)
  5.   Mirandiba (0)
  6.   Serrita (-1)
  7.   Verdejante (-1)

Sertão de Itaparica

  1.   Belém do São Francisco (8)
  2.   Floresta (6)
  3.   Tacaratu (5)
  4.   Carnaubeira da Penha (0)
  5.   Itacuruba (0)
  6.   Petrolândia (-15)
  7.   Jatobá (-38)

Sertão do Araripe

  1.   Araripina (87)
  2.   Trindade (39)
  3.   Santa Filomena (25)
  4.   Ipubi (17)
  5.   Exu (10)
  6.   Moreilândia (2)
  7.   Santa Cruz (2)
  8.   Granito (0)
  9.   Bodocó (-5)
  10.                 Ouricuri (-9)

Sertão do São Francisco

  1.   Afrânio (16)
  2.   Santa Maria da Boa Vista (5)
  3.   Cabrobó (1)
  4.   Terra Nova (0)
  5.   Orocó (-6)
  6.   Dormentes (-24)
  7.   Petrolina (-84)
  8.   Lagoa Grande (-164)

 

Confira o ranking geral de empregos no Sertão:

  1. Inajá (114)
  2. Araripina (87)
  3. Trindade (39)
  4. Salgueiro (37)
  5. Santa Filomena (25)
  6. Ipubi (17)
  7. Afrânio (16)
  8. Afogados da Ingazeira (14)
  9. Exu (10)
  10. Belém do São Francisco (8)
  11. Iguaracy (7)
  12. Floresta (6)
  13. Itapetim (6)
  14. Carnaíba (5)
  15. Santa Maria da Boa Vista (5)
  16. Tacaratu (5)
  17. Tuparetama (5)
  18. Flores (4)
  19. Ibimirim (3)
  20. Sertânia (3)
  21. Moreilândia (2)
  22. Santa Cruz (2)
  23. Cabrobó (1)
  24. Cedro (1)
  25. Parnamirim (1)
  26. São José do Belmonte (1)
  27. Carnaubeira da Penha (0)
  28. Granito (0)
  29. Ingazeira (0)
  30. Itacuruba (0)
  31. Mirandiba (0)
  32. São José do Egito (0)
  33. Solidão (0)
  34. Terra Nova (0)
  35. Quixaba (0)
  36. Serrita (-1)
  37. Verdejante (-1)
  38. Betânia (-2)
  39. Calumbi (-2)
  40. Santa Cruz da Baixa Verde (-2)
  41. Triunfo (-2)
  42. Manari (-3)
  43. Santa Terezinha (-4)
  44. Bodocó (-5)
  45. Orocó (-6)
  46. Ouricuri (-9)
  47. Tabira (-10)
  48. Brejinho (-11)
  49. Serra Talhada (-11)
  50. Petrolândia (-15)
  51. Dormentes (-24)
  52. Arcoverde (-27)
  53. Jatobá (-38)
  54. Custódia (-44)
  55. Petrolina (-84)
  56. Lagoa Grande (-164)

 

 

 

 

 

Deixar um Comentário