Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Homens são maioria entre filiados, em Pernambuco, mas participação feminina avança

Publicado em Notícias por em 2 de agosto de 2022

Na distribuição por gênero, 50,89% dos filiados aos partidos são homens e 49,08% são mulheres. Participação feminina vem avançando desde 2018

De acordo com dados disponibilizados pelo cadastro eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os homens ainda são maioria entre os filiados a partidos políticos. Porém, a participação feminina vem avançando, diminuindo a diferença entre os gêneros tanto no Brasil quanto em Pernambuco. 

Dos 16.161.796  eleitores filiados a partidos políticos no país, 8.752.662 são homens (54,16%) e 7.395.939 (45,8%) são mulheres. Mas em Pernambuco, o percentual de participação feminina é maior que a média nacional.

No Estado, a divisão entre os gêneros é quase de 50% para cada. Pernambuco conta com 625.615 eleitores filiados a alguma legenda partidária, sendo 318.375 homens (50,89%) e 307.022 mulheres (49,08%). E essa diferença vem diminuindo a cada eleição. Em 2018, os homens eram 52,94% dos filiados contra 47% de mulheres, a maior diferença registrada entre os gêneros desde 2012, como se verifica no gráfico:

Faixa etária e grau de instrução

O grupo de pessoas entre 45 a 59 anos representa a faixa etária com maior representatividade entre os filiados em Pernambuco, somando quase um terço (221.288) do total. O segundo grupo etário mais representativo está nas pessoas entre 60 a 69, que somam 124.246 filiados, seguido do grupo de 35 a 44 anos com a marca de 116.219.

Em relação à escolaridade, Pernambuco se difere da cena nacional. Enquanto o maior grupo de pessoas filiadas no país tem o ensino fundamental incompleto, representando 4.333.877 (26,82%), o segundo é de pessoas com ensino médio completo com 3.981.464 (24,64%), Pernambuco apresenta as primeiras posições invertidas. 

No Estado, como se verifica na imagem abaixo, o grupo que lidera é o de filiados com ensino médio completo, com 163.642 (26,16%), vindo em seguida os que têm  ensino fundamental incompleto, batendo a marca de  152.247(24,34%).

Deixar um Comentário