Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Final de semana marcado por tragédias nas estradas do Pajeú

Publicado em Notícias por em 22 de maio de 2022

Pelo menos cinco acidentes graves deixaram um saldo de quatro vítimas fatais nas estradas do Pajeú neste final de semana. Na sexta-feira (20), houve um atropelamento com morte na PE-320, entrada do campo do Sítio Capim Grosso, em Carnaíba. A vítima fatal foi Antônio Ribeiro da Silva, 67, casado, morador da localidade.

Segundo informações apuradas pelo repórter Marcony Pereira,  da Rádio Pajeú, Antônio seguia de Carnaíba em uma bicicleta quando foi atropelado por uma Strada vermelha, que deixou o local sem prestar socorro. A Polícia Militar informou que populares viram o carro entrando no Santo Antônio. Outro detalhe é que o veículo tinha algumas vassouras na carroceria.

No sábado (22) foram registrados dois acidentes com mortes em Serra Talhada. O primeiro ocorreu durante a manhã, quando um jovem de apenas 20 anos morreu após perder o controle da motocicleta que conduzia na PE-365, entre Serra Talhada e Triunfo. Ele colidiu contra uma cerca logo após o distrito de Jatiuca, em Santa Cruz da Baixa Verde. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) foi acionado, mas o jovem já estava sem vida. Ele era morador de Jatiuca.

O segundo acidente em Serra Talhada ocorreu à noite, na altura do KM-413 da BR-232, vitimando um jovem de 29 anos. O jovem conduzia uma motocicleta, quando perdeu o controle e colidiu contra o meio fio. O SAMU foi acionado, mas a vítima já estava em óbito às margens da rodovia.

A quarta vítima fatal foi José Nogueira de Carvalho Filho, 45 anos, o Nogueirinha, da cidade de Iguaracy. Ele morreu na tarde deste sábado (21), após um choque frontal entre uma Saveiro e uma D-20 (modelo antigo), nas proximidades da entrada do povoado da Varzinha.

Ele era filho do ex-vereador de Iguaracy, Zé Nogueira, que morreu no dia 22 de janeiro de 2021 em decorrência de um Infarto Fulminante. Ele tinha 66 anos e foi vereador por dois mandatos.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostra a Saveiro onde estava Nogueirinha e seu irmão Max Karll (conhecido por Kaká), com a frente totalmente destruída. No vídeo também dá pra perceber que Kaká estava acordado, mas demonstrando desorientação. Kaká foi socorrido ao Hospital Regional Emília Câmara, em Afogados da Ingazeira e depois encaminhado para o Recife em estado grave. Nogueirinha morreu no local do acidente e foi sepultado na tarde deste domingo (22), no Cemitério de Iguaracy.

Outro acidente, felizmente sem vítimas graves, aconteceu durante a madrugada de hoje (22), na Avenida Rio Branco, em Afogados da Ingazeira. Um serralheiro de 29 anos,  residente no Bairro Planalto, conduzia um Fiat Uno, de cor branca e placas KGP-8525, quando bateu violentamente contra um Corsa Classic, placas KGV-3506.

Pelo menos duas pessoas foram identificadas como vítimas da colisão. Uma agente de saúde de 37 anos, esposa do condutor que estava no Uno e o contador José Danillo Oliveira, dono Corsa, que ficou danificado após a forte colisão.

O efetivo do 23° BPM esteve no local e segundo boletim da corporação o motorista do Fiat Uno estava bastante alterado.  O Fiat Uno estava capotado na via com as quatro rodas pra cima e o Corsa Classic em cima do canteiro central. O SAMU foi acionado ao local.

O acusado tentou correr após avistar o policiamento, mas foi alcançado. Confirmou que passou a noite ingerindo bebida alcoólica com sua esposa em uma festa.  Ao retornar perdeu o controle do seu veículo, vindo a colidir na traseira do carro do contador, que estava estacionado em frente à sua residência. “O condutor apresenta estar sob efeito de álcool, apresentando-se bastante alterado, com palavras desconexas e com forte odor etílico”, disse a polícia em nota.

O SAMU realizou o socorro da esposa do acusado para o Hospital Regional. Ela foi liberada após passar por acompanhamento médico. Diante do exposto, os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil local para medidas cabíveis, enquanto os veículos permaneceram na via por impossibilidade de locomoção pelas avarias, só sendo totalmente removidos pela manhã.

O Delegado plantonista autuou em flagrante o condutor do veículo por dirigir sob influência de álcool. Estipulou fiança, segundo apurado com exclusividade pelo blog. Não há informações sobre pagamento da fiança.  Se não,  passará por Audiência de Custódia.

Deixar um Comentário