Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Coluna do Domingão

Publicado em Notícias por em 7 de março de 2021

O momento mais difícil da pandemia

A fala do Secretário de Saúde,  André Longo e as autoridades em saúde da região ouvidas pelo blog confirmam a tempestade perfeita para aumento de casos de Covid-19.

Todos os indicativos mostram aumento no número de casos,  de ocupação dos leitos de UTI e agora, de circulação de versões mais agressivas do vírus,  em plena mutação.  Aliás,  mutar não é exclusividade, é comum aos vírus.  Só que quando não há imunização plena, como estamos vivendo,  falta atenção e medidas preventivas da população e autoridades, o coronavirus encontra o ambiente perfeito.

O Secretário de Saúde André Longo disse na coletiva dessa semana que os indicativos mostram um aumento rápido da pandemia.  As semanas 8 e 9 foram as piores do ano. O sistema não aguenta e as UTIs estão no limite. “Estamos no início de im período que deve ser muito duro e de grandes dificuldades”, previu.

Em todas as regiões,  autoridades dizem que estão vendo o aumento de casos, inclusive entre os mais jovens.  No Sertão,  por exemplo, há muito medo do que venha a acontecer.  Nos bastidores da entrevista para a Rádio Cultura com Carla Milena (XI Geres) e Lisbeth Rosa (Secretária de Saúde de Serra Talhada) o clima de apreensão era evidente.  O que foi ao ar, já preocupante sobre as ocupações de leitos e o aumento de casos na região,  se revelou ainda mais assustador nos bastidores.

É a maior encruzilhada de nossas vidas. No outro plano, a atividade comercial exausta, o setor de entretenimento esgotado, o povo cansado assistindo a tudo sem seguir as regras no momento onde elas são mais necessárias.  A semana passada foi a do maior número de mortes na região do Pajeú,  por exemplo.

Pior ainda é lutar contra outros tipos de virus, como os da imbecilidade e ignorância,  de quem politiza um vírus que não escolhe lado. O pastor Lázaro, ex Olodum, disse que “quem pega Covid é do diabo”. Luta contra a doença em uma UTI. E que se recupere.  Esta semana, um ouvinte ligou para a Rádio Pajeú após as críticas à postura de Jair Bolsonaro na contramão da ciência e disse “aceita que dói menos”, como se a luta pela imunização tivesse viés político.  Como dizer “aceita que dói menos” a quem perdeu um ente na pandemia?

Não dá pra aceitar.  Os próximos dias só devem reforçar isso, infelizmente. Se o programa nacional de imunização não avançar rápido,  a previsão é de terríveis três mil mortes diárias,  número admitido pelo próprio Ministério. Não tem “mi mi mi”…

Cuide-se. Cuide de sua família. Proteja-se. A vida continua sendo nosso patrimônio mais precioso.

Jovens, atenção 

Em Triunfo, a Secretaria de Saúde, confirmou o 22º óbito por Covid-19. Trata-se de um paciente jovem de 24 anos que estava internado na UTI do Hospital Eduardo Campos. Jovens tem tido reação mais grave à nova forma do vírus.

Oferecimento…

Um empresário do setor de restaurantes teve que substituir o spot de 30 segundos que mantém na Rádio Pajeú reforçando o delivery a partir das 20h. Mas, irritado com as novas restrições pensou em outra possibilidade: “queria usar meus 30 segundos esculhambando o Paulo Câmara “. Não levou a frente…

A caneta é minha

O prefeito interino de Arcoverde, Weverton Siqueira, o Siqueirinha,  está dando seu tom à formação de governo e exonerações.  A ponto de ter desagradado alguns nomes que deram suporte a Wellington Maciel e Israel Rubis, que lutam para retomar seus mandatos no TSE.

Compra, não leva

Ninguém está enganado. Os prefeitos que saíram na foto esta semana assinando interesse em compra das vacinas junto à Frente Nacional dos Prefeitos sabem que todas serão administradas pelo Ministério da Saúde,  seguindo o plano nacional. Não tem “comprei,  levei”.

Mas ajuda

Mesmo assim, acham que pode ser um caminho se Eduardo Pazuello continuar perdido no programa de vacinação,  por conta da condição de aumentar a quantidade disponível no país.  Algo como um “empurra Pazuello “.

10 mi

O prefeito de Ouro Velho,  Augusto Valadares,  informa que conseguiu mais de R$ 7 milhões em emendas com o Deputado Federal Efraim Filho, líder do DEM no Congresso.  Com R$ 3 mi em execução, chegará a R$ 10 milhões em investimentos fruto de emendas. “Sem ir à Brasília”, garante.

Frase da semana:

“Tem idiota que diz ‘vai comprar vacina’, mas só se for na casa da tua mãe. Não tem para vender no mundo”.

Do presidente Jair Bolsonaro, respondendo às críticas pelos erros no Programa Nacional de Imunização contra a Covid-19.

Deixar um Comentário