Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?



Arcoverde: Liminar proíbe divulgação de pesquisa do Instituto Exatta

Publicado em Notícias por em 26 de setembro de 2016

marketing-politico-pesquisas-eleitorias-eleicao-strattegyEm Arcoverde, após pedido de liminar, foi proibida a divulgação de uma pesquisa contratada ao Exatta pela Itapuama FM. A informação é da Assessoria da Coligação O Novo Tempo já Começou ao blog.

A Itapuama , segundo a nota, havia sido multada em R$ 30 mil por conta de entrevista de Zeca Cavalcanti, onde criticou a prefeita candidata e defendeu sua esposa, dia 14 de setembro. Pela legislação, mesmo que as palavras  tenham saído da boca de Zeca, a Rádio acaba sendo responsabilizada.

No caso da pesquisa, de 2016, nº 04131/2016-PE  a impugnação se deu neste domingo (25), através do processo número.º 238-06.2016.6.17.0057.

A pesquisa seria divulgada na emissora, nesta segunda-feira (26), às 11h. A alegação é de que o Exatta  não é inscrito perante o Conselho Regional de Estatística – CONRE 5ª Região.

Segundo a nota, “o curioso é que os advogados que tentam a liberação da pesquisa, por meio de Mandato de Segurança, são os mesmos da coligação O trabalho está de volta, a de Nerianny de Zeca. Por que será que a coligação tem tanto interesse nessa divulgação?”

A nota acrescenta que  o Instituto Exatta já teve,  em julho deste ano, outra pesquisa impugnada em Goiânia, na Região Metropolitana de Recife. O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco considerou inválida a pesquisa realizada pelo pré-candidato Osvaldo Rabelo Filho por falta de dados obrigatórios, conforme processo nº40-22.2016.617.0104.

Deixar um Comentário