Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Acidente mata afogadense que vivia em Tabira

Publicado em Notícias por em 5 de março de 2019

Viviane e o marido: esposa morreu atingida por caminhão

Atualizado às 23h30

Um grave acidente deixou saldo de uma pessoa morta na PE 320, entre Brejinho de Tabira e a sede. Viviane Souza, 31 anos, estudante de odontologia, morreu quando seu carro foi atingido por uma D-10. Ela ficou presa as ferragens e não resistiu.

Ela era filha de Afogados da Ingazeira e casada com o tabirense Valdeir, conhecido por Deir, nora de Xavier da Borracharia. Tinha dois filhos. Estudava Odontologia na FIP, em Patos e estava no último período. Já havia sido professora em Afogados.

Viviane passou o dia em Afogados no Barcheff e retornou a Tabira. De lá seguia sentido povoado da Arara onde seu marido tem uma chácara. Na hora do acidente Viviane seguia sozinha num carro Corsa e seu marido ia atrás de moto com um dos filhos. Eles presenciaram o acidente. O marido ficou desesperado.

Carro de Viviane ficou bastante danificado. Ela morreu presa às ferragens

Preliminarmente, a informação é de que foi atingida por estar em sentido contrário. Ela ultrapassou o esposo que ia de moto e não voltou para a faixa correta. Se chocou com uma Caminhonete D-10 que transportava bois, no lado do passageiro.

Os pais, que são ligados a uma denominação evangélica de Afogados, estão bastante abalados, assim como os demais familiares. Uma das irmãs, Vandilma, trabalha na prefeitura de Afogados da Ingazeira. Nas duas cidades há muita comoção.

Deixar um Comentário