Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Tabira comemora 72 anos de Emancipação Política

Publicado em Notícias por em 27 de maio de 2021

Tabira, a bela Cidade das Tradições, completa 72 anos de Emancipação Política nesta quinta-feira (27).

O registro que ilustra a matéria é de uma dessas manhãs frias e com neblina de maio, feito pelo músico Wagner Fernando. Em comemoração, a Prefeitura montou uma programação com inaugurações.

Neste dia em que o município celebra o aniversário de 72 anos, haverá parada da Guarda Civil Municipal e missa em Ação de Graças. Em função da pandemia, os eventos não estão sendo realizados com a presença da população, que pode acompanhar através das redes sociais da Prefeitura.

A Câmara de Vereadores realiza Sessão Solene, com homenagem das vítimas da Covid no município, capitaneadas pelo Presidente Djalma das Almofadas.

História:  Em 1865, Tabira era uma fazenda de propriedade do Sr. Gonçalo Gomes dos Santos, que por iniciativa própria, formou uma pequena feira, com o objetivo de atender os moradores da região.

O sucesso alcançado foi tamanho que deu início a formação de uma povoação, recebendo inicialmente o nome de Madeira, depois Toco do Gonçalo, em virtude de haver no meio da feira um toco que servia ao talho da carne para venda ao público, posteriormente Espírito Santo ficando até 1939 quando passou a denominar-se Tabira, Em homenagem ao grande guerreiro indígena Tabira, que segundo a lenda, em um combate, foi atingido por uma flecha no olho, e retirando-a com bravura, continuou lutando até vencer seus inimigos.

O terreno do patrimônio de Nossa Senhora dos Remédios e da cidade, exatamente o centro da cidade, foi doado pelo Sr. Gonçalo Gomes, que em sua homenagem tem seu nome a praça principal. A capela do povoado foi inaugurada em missa solene, pelo padre Pedro Pereira de Souza, no dia 03/09/1883, e que posteriormente foi substituída pela atual igreja matriz, construída por filhos da terra. Em 27 de maio de 1949, tomou posse o primeiro prefeito eleito pelo voto popular, o Sr Pedro Pires Ferreira.

Gonçalo Gomes dos Santos doou ao patrimônio de Nossa Senhora dos Remédios partes de suas propriedades, justamente o que forma o perímetro urbano da atual cidade de Tabira.

Tabira foi desmembrada do município de Afogados da Ingazeira em 31 de dezembro de 1948. Porém só foi constituído município autônomo pela lei n. ° 508, de 27 de maio de 1949, data em que se comemora a sua emancipação política e que coincide com a instalação da primeira Constituição Municipal de Tabira. Fonte: Wikipedia.

Deixar um Comentário