Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Multiartista homenageia Cine São José

Publicado em Notícias por em 21 de fevereiro de 2021

O artista afogadense Edgley Brito homenageou em sua rede social o Cine Teatro São José. Ele comemorou a notícia de que o cinema voltará a exibir filmes até o segundo semestre.

Na arte, Edgley usa a imagem do cinema e personagens clássicos dos últimos filmes do universo Marvel e DC.

Esta semana a Fundação Cultural Senhor Bom Jesus dos Remédios, que é comodatária do Cine Teatro, pertencente à Diocese de Afogados da Ingazeira, confirmou a volta da exibição de filmes do circuito comercial, além da abertura para mostras e outros projetos.

A notícia foi possível por alguns fatores. O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura, adquiriu os equipamentos de projeção de cinema digital Full HD, associado à reprodução sonora digital. A instalação ocorrerá tão logo seja concluída a adequação da sala para receber as novas máquinas, o que deverá ocorrer até o início de março.

A vinda do recurso foi possível graças à intervenção do então vereador e hoje vice-prefeito Daniel Valadares junto ao Deputado Estadual Waldemar Borges, com pedido da Associação Cultural São José,  representando a sociedade afogadense.

Outro passo, a  Fundação Cultural que gere a Rádio Pajeú e o Museu do Rádio anunciou a aquisição de um projetor da marca Christie, modelo 2K CP 2000, mais servidor, lente, lâmpada 3 mil watts, processador de áudio, rack, no breack,  revisado, mais instalação e treinamento. O equipamento foi adquirido junto à empresa Base Post Alexandre Andrade Barros ME, por R$ 229 mil.

Para a aquisição ser possível, a Fundação entrará com R$ 129 mil e os outros R$ 100 mil oriundos de repasse da Secretaria de Turismo/Empetur, através de @rodrigonovaes55 (R$ 50 mil) e de convênio com a Prefeitura de Afogados da Ingazeira (R$ 50 mil)  para realização de atividades culturais no prédio. A notícia inclusive foi confirmada pelo prefeito Sandrinho Palmeira em coletiva hoje.

“Vamos realizar uma mobilização da sociedade para ajudar a custear esse investimento em nome da volta às atividades desse patrimônio”, diz o Diretor Administrativo Adjunto da Fundação, Padre Josenildo Nunes. A gestão do espaço continuará a cargo da Fundação.

Deixar um Comentário