Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Morte de Eduardo foi atentado, diz Protógenes Queiroz

Publicado em Notícias por em 15 de setembro de 2014

thumb-r-940x-0x0principal-suspeita-da-fab-para-acidente-que-matou-eduardo-campos-e-falha-humana-997cf34d-77ad-4e20-9492-820a0f1f6ee7

Da coluna de Cláudio Humberto – Diário do Poder

Conhecido por haver prendido o banqueiro Daniel Dantas, o delegado federal e deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) suspeita que a morte de Eduardo Campos nada teve de acidental, foi um atentado, segundo segredou a colegas da PF. Ele chegou a Santos logo após a tragédia, colheu indícios e depoimentos e os enviará à Procuradoria-Geral da República, com o pedido para aprofundar as investigações.

Protógenes disse a policiais ter ficado intrigado porque o local nem sequer foi preservado. Delegados da PF somente apareceriam à noite. Entre os objetos colhidos, o delegado Protógenes encontrou na lama a capa de um livro do piloto, intacta, mas sem as páginas internas.
No dia da tragédia, Protógenes estava na expectativa de rever Eduardo Campos, com quem se encontrou em 1o de maio e na Semana Santa.
A hipótese de atentado contra Eduardo sempre foi mencionada, mas ninguém a levou tão a sério quanto o delegado Protógenes Queiroz.

Deixar um Comentário