Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Em entrevista ao NETV, Armando Monteiro diz que pretende aumentar o efetivo do estado em 5 mil policiais

Publicado em Notícias por em 16 de setembro de 2014

cats

do G1 Pernambuco

O candidato do PTB ao governo de Pernambuco, Armando Monteiro, foi o segundo a ser entrevistado pelo NETV 1ª Edição, na série que conversou ao vivo com os dois principais pretendentes a chefe do Executivo estadual. A entrevista com Monteiro ocorreu em Olinda, no final da manhã desta terça-feira (16). Na área de segurança, o petebista afirmou que, se eleito, pretende aumentar o efetivo do estado em 5 mil policiais; na área da educação, disse que quer implementar no primeiro ano de governo um aumento salarial de 20% para os professores.

No início da entrevista, Armando Monteiro afirmou que na área de segurança pública vai monitorar todas as modalidades de crime, e não só os índices de homicídio, numa crítica ao programa Pacto Pela Vida. “A primeira providência será aumentar o efetivo em 5 mil policiais. Vamos preencher uma lacuna grave. Em 60 municípios, as delegacias não funcionam no final de semana. Nós vamos preencher essa lacuna, redistribuir os efetivos”.

Na área de saúde, Monteiro afirmou que a meta do seu plano de governo é ter 100% de cobertura médica nos postos de saúde em todo o estado. “Para isso, temos que fazer um esforço para contratar mais médicos. E vamos criar centros de diagnóstico em imagem em todas as UPAs especializadas, em todo o interior, para reduzir o tempo de espera por exames, para que se possa fazer o tratamento de maneira mais tempestiva”. Outro setor que deve receber cuidados especiais é a cardiologia.

“As emergências cardiológicas estão concentradas quase todas no Recife. Temos que descentralizar e investir em algumas unidades hospitalares voltadas para o tratamento cardiológico”. Sobre o problema da demora para a realização de cirurgias eletivas, o candidato afirmou que sua proposta é realizar terceiros turnos nos hospitais existentes, ao invés de construir mais unidades.

Na área de educação, Monteiro afirmou que a atenção do estado também seria para o ensino fundamental de base, através de suporte técnico pedagógico para os municípios. Mas o ponto de destaque foi o aumento salarial prometido para os professores. “O aumento de salário tem que ser feito, porque a defasagem é muito acentuada. Dentro das possibilidades orçamentárias do Estado, eu imagino poder implementar 20% no primeiro ano e aí, evidentemente, fazer ajustes nos anos subsequentes. Garanto que darei tratamento prioritário à valorização do magistério”, finalizou.

Na quarta-feira (17), o NETV vai exibir as entrevistas gravadas com os outros quatro candidatos: Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB), Pantaleão (PCO) e Zé Gomes (PSOL). Na segunda (15), o entrevistado foi Paulo Câmara (PSB). A ordem das entrevistas foi decidida por sorteio com a presença dos representantes dos partidos.

Deixar um Comentário