Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Coluna do Domingão

Publicado em Notícias por em 3 de julho de 2022

Apoio de Bolsonaro vira encosto,  dizem pesquisas

A mais recente pesquisa Datafolha sobre as eleições deste ano no estado de São Paulo indica que Jair Bolsonaro é o padrinho político que mais atrai rejeição entre os paulistas.

Segundo o instituto, 64% dos eleitores não votariam em nenhum candidato, independentemente do cargo em disputa, se for apoiado pelo atual presidente da República.

Em contrapartida, 17% afirmam que votarão de acordo com a indicação de Bolsonaro, enquanto que outros 17% alegam talvez o fazer e 2% não souberam responder. O dado foi determinante para a desistência de José Luiz Datena para disputar ao Senado, além de críticas de bolsonaristas. O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas nem vai tão mal assim nas pesquisas, com 12%, mas pode ser puxado pra baixo diante do crescimento de Fernando Haddad (28%) e com Márcio França (16%) em segundo.

No Rio, o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes (PSD), são os dois padrinhos políticos que mais atrapalham os seus respectivos candidatos na disputa pelo Palácio Guanabara.

De acordo com o levantamento, 58% dos ouvidos disseram que “não votariam de jeito nenhum” no candidato apoiado por Bolsonaro, enquanto 55% deram a mesma resposta sobre um nome apadrinhado por Paes. Bolsonaro apoia a candidatura de Cláudio Castro (PL), enquanto Paes endossa o nome de Felipe Santa Cruz (PSD).

Em Minas, 55% dos entrevistados não votariam de forma alguma em um nome apoiado pelo presidente.

De acordo com a pesquisa, 22% talvez apoiariam um candidato apoiado pelo presidente. Outros 15% com certeza seguiriam a indicação.  Já 43% responderam que não votariam em um indicado de Lula (PT), e 27% indicaram que iriam atender ao ex-presidente. 24% disseram “talvez”.

Em Pernambuco, segundo o instituto Paraná Pesquisas, Jair Bolsonaro (PL) tem rejeição de 62,6% contra  34% que aprovam. Incrivelmente ganha de Paulo Câmara,  desaprovado por 67,3%, enquanto a aprovação é de 27,7%. Daí a estratégia de Danilo Cabral de colar em Lula, desvinculando da imagem do governador.  E Anderson Ferreira tem no bolsonarismo os votos que podem levá-lo ao segundo turno,  mas tem que buscar estadualizar o debate no segundo.

Resumindo,  pelo que dizem as pesquisas, Bolsonaro não é bom apoio para nenhum dos seus candidatos país afora. Daí o contragolpe com pacote de bondades como o Auxílio Brasil de R$ 600,o auxílio caminhoneiro e taxista. Tem pouco tempo para sair dessa condição. Por isso, seu apoio, gostem dele ou não, no momento virou encosto. Não levanta ninguém.

A conta certa do espetinho

O assessor de comunicação de Petrolina, Júnior Macedo, esclareceu à Coluna que o prefeito Simão Durando se equivocou ao dizer que um só vendedor de espetinhos havia vendido 50 mil unidades em um dia. “Na verdade, a informação era de que um vendedor apurou R$ 50 mil nos nove dias de evento”. A fala de Simão virou meme na cidade.

Ele dizia, “ainda é cedo”

Chamou atenção na entrevista de Totonho Valadares à Rádio Pajeú ele dizer que ainda é cedo para cravar como natural a candidatura a reeleição de Sandrinho Palmeira e seu filho, Daniel Valadares. O ex-prefeito diz que ainda precisam vencer a barreira do meio mandato para se começar a fazer essa avaliação.

A conta de Pacheco

O vereador Luciano Pacheco, em seu sexto mandato,  será lançado dia 7 candidato a Deputado Estadual com apoio do prefeito Wellington Maciel (MDB). Pra quem acha aventura, Pacheco é filiado ao Patriota, cuja conta indica que 18 mil podem fazer um Deputado.  Pode sair bem de Arcoverde e beliscar em cidades como Buíque e entorno.

Estrategy

A entrega do PSB a Breno Araújo foi mais um passo para fortalecimento e protagonismo de Márcia Conrado na ligação com Paulo Câmara e Danilo, enquanto todos os outros nomes de peso migraram para Marília Arraes.  Curioso que mesmo com Carlos Evandro,  o partido nunca teve protagonismo em Serra Talhada, tendo passado por Ronaldo de Dja e outros nomes.

Coadjuvante

O PSB curiosamente não tem tradição de fazer prefeito na principal cidade da região.  Em 1992, Augusto César foi eleito pelo PDT. Em 1996, Tião Oliveira era do PFL. Em 2000, Geni Pereira foi eleito pelo PSDB. Em 2004, Carlos Evandro foi eleito pelo PFL, sendo reeleito pelo PR. Luciano Duque (2012 e 2016) e Márcia Conrado (2020) foram eleitos pelo PT.

Vixe

O presidente do MDB de Flores, Pablo Andrada, entrou em contato com a Coluna para criticar a postura de Marconi Santana em uma das noites do São João da cidade. “Deu gritos obrigando o público a bater palmas, chamou o povo de desanimado, esmurrou um computador e deu uma dura no operador do painel de LED e chutou um veículo estacionado próximo à prefeitura”.

Pidão de título 

O blogueiro Júnior Finfa estava arretado com o que chamou de “pidão de título”. Diz que pelo menos um dos agraciados com título de cidadão afogadense na solenidade de sexta foi atrás de vereador pra pedir até por Deus a comenda.  Cobrou rigor pleno no critério de escolha.

Fé e ciência 

Pessoas próximas a Anchieta Patriota reafirmam a sua confiança no procedimento para retirada do nódulo de 2,5 centímetros identificado na cauda do pâncreas conforme noticiado.  A localização ajuda no procedimento,  não há comprometimento de outros órgãos e foi identificado no início.

Do jogo

Pra quem ficou surpreso com o recuo de Dudu da Fonte ao voltar atrás da decisão de se alinhar com Marília Arraes e seguir com Danilo Cabral,  ele já circulou pelas mais variadas correntes e alianças,  sem nenhuma preocupação com imagem. É por exemplo enfiado na turma do Centrão aliada a Bolsonaro,  mas aqui vai fazer “L” de “Lula lá”.

Frase da semana: 

“Não vou avisar a data”.

De Wallace Landim, principal líder dos caminhoneiros e presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), prometendo paralisação nacional pela alta desenfreada do diesel. Ele diz que o auxílio anunciado por Bolsonaro é claramente eleitoreiro e não atende aos motoristas rodoviários.

Deixar um Comentário