Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Cadê o ultrassom no Regional Ruy de Barros ?

Publicado em Notícias por em 2 de julho de 2022

Pacientes transferidos ontem para o Hospital Regional de Arcoverde,  o Ruy de Barros Correia e precisaram de um simples exame de ultrassom, voltaram da porta.

Segundo informações de profissionais médicos, a unidade não tinha disponibilidade do serviço.

Este jornalista acompanhou ao menos um caso em que o atendimento foi negado. Um paciente foi transferido com suspeita de apendicite porque o cirurgião da unidade de origem, o Regional Emília Câmara, estava com Covid-19.

O Regional de Afogados agilizou a transferência e a Secretaria de Saúde de Afogados,  a ambulância para a transferência.  Mas o paciente voltou da porta do Regional de Arcoverde.  Não havia como operá-lo sem uma certeza diagnóstica.  Pior é saber que na transferência a unidade encaminha o paciente com prontuário e probabilidade diagnóstica.  Então porque o Ruy de Barros recebeu o paciente?

Eventualmente falamos da inversão de prioridades no serviço público.  Arcoverde teve o São João dos milhões,  mas não tem ultrassom funcionando no Regional. Alguns modelos custam bem menos que uma única atração junina desse ano.

O Ruy de Barros é gerido pela OS Hospital Tricentenário,  a mesma do Hospital Regional Emília Câmara e  do Eduardo Campos. Tem como diretora a doutora Ana Kelly Mara Araújo.

Deixar um Comentário