Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Bloco dos lisos monta estratégia para sair na avenida

Publicado em Notícias por em 17 de fevereiro de 2015

Este blogueiro acompanhou por alguns instantes o nascimento de um bloco que tem futuro. Em seu primeiro ano, o Bloco dos Lisos levou para a avenida a estratégia de fazer um carnaval com poucos recursos e muitas dificuldades.

Alessandro Palmeira recebeu carterinha vip para ir no bloco mas não foi. Vergonha de ser liso...

Antes, Alessandro Palmeira recebeu carterinha vip para ir no bloco mas não foi. Vergonha de ser liso…

Foliões pousam para foto. Risco é torar o cordão de isolamento

Foliões pousam para foto. Risco é torar o cordão de isolamento

Ainda assim, garantem os fundadores, o bloco reserva um futuro promissor. Este blogueiro – na condição de responsável pela Divisão de Patrimônio do Bloco dos Lisos – promete investir o mínimo possível para que o bloco cresça.

Foliões se espremem no cordão de isolamento

Foliões se espremem no cordão de isolamento

Para participar, não precisa de abadá, camisa, chinelo ou fantasia. Com os recursos que a natureza oferece ou principalmente descarta, toda a logística estrutural inovadora do bloco é montada.

Várias especiarias de nossa culinária são servidas no bloco dos liso. Ao fundo, um ovinho de

Várias especiarias de nossa culinária são servidas no bloco dos lisos. Ao fundo, um ovinho de “cadorna”. Liso adoooora…

Veja mais imagens incríveis de um nascimento tão épico quanto apertado.

A cerveja Bossa Nova (R$ 1,32 a lata) acabou logo. Enquanto não chegou perto da barraca de Zé Negão, ficou todo mundo com sede no bloco...

A cerveja Bossa Nova (R$ 1,32 a lata) acabou logo. Enquanto não chegou perto da barraca de Zé Negão, ficou todo mundo com sede no bloco…

Os cordeiros não são contratados. Entre os lisos, há um revezamento solidário. Eles evitam que a corda se tore e que alguém que pagou por abadá ou camisa estilizada tente invadir o bloco com inveja...

Os cordeiros não são contratados. Entre os lisos, há um revezamento solidário. Eles evitam que a corda se tore e que alguém que pagou por abadá ou camisa estilizada tente invadir o bloco com inveja…

foto 4

Deixar um Comentário