Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Arcoverde: Prefeitura, PM e mototaxistas debatem fiscalização a clandestinos

Publicado em Notícias por em 1 de novembro de 2017

A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, recebeu na tarde de terça-feira, 31 de outubro, em seu gabinete, uma comitiva composta por mototaxistas cadastrados no município. O intuito da reunião foi promover acordos visando melhorias de trabalho para a categoria representada, por meio de ações efetivas da Autarquia de Trânsito de Arcoverde – Arcotrans, visando especialmente o combate de mototáxis clandestinos circulando pela cidade.

De acordo com o diretor da Arcotrans, Vlademir Cavalcanti, que esteve presente na reunião, já foi solicitado pelo órgão municipal ao Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – Detran-PE, um levantamento técnico sobre a eficácia do cadastro para os mototaxistas. “Não apenas em Arcoverde, mas em outras cidades próximas, também estão ocorrendo casos de motoqueiros que se apropriam do colete da categoria cadastrada para roubar ou sequestrar cidadãos que utilizam o serviço de mototáxi. Por isso é uma preocupação nossa em colaborar para que estas práticas sejam combatidas”, informou o diretor.

Na pauta da reunião, foram acordados entre a categoria e representantes da Arcotrans, do 3° BPM e da prefeitura, a fiscalização de clandestinos, que começa dentro de 15 dias pelo órgão municipal de trânsito, a colocação de um toldo fixo no ponto de mototaxistas do CECORA e a manutenção das tarifas que estão sendo cobradas atualmente pelos mototaxistas aos usuários, ficando R$ 3,00 para deslocamentos no centro, R$ 4,00 para periferias mais distantes e R$ 5,00 pela madrugada, para qualquer ponto da cidade.

Os representantes da categoria também abordaram casos de pontos em Arcoverde que estão sendo evitados, em determinados dias e horários, em virtude da distância e de falta de segurança para a prática do trabalho.

Deixar um Comentário