Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Pacientes do Pajeú começam a ter problemas para conseguir leitos de UTI

Publicado em Notícias por em 9 de maio de 2020

Em São José do Egito, houve aumento significativo de casos suspeitos nas últimas 24 horas e já houve negativa de caso grave por unidade em Caruaru

O médico Hugo Rabelo (foto), que tem coordenado ações de combate à Covid-19 em São José do Egito, demonstrou grande preocupação com a falta de suporte que começa a aparecer em Caruaru e Recife.

Ele falou ao Debate do Sábado, na Gazeta FM, programa que este blogueiro apresenta na emissora egipciense. Nas últimas 24 horas, foram quatro casos suspeitos a darem entrada.

São José tem quatro casos confirmados, mais três pacientes internados, inclusive com um intubado. Uma gestante foi liberada e está em monitoramento domiciliar. E mais três sem internação são suspeitos.

Os exames de imagem dos internados são sugestivos para Covid-19, mas ainda não saíram exames laboratoriais. Só que por experiência, o médico diz que há grave suspeita de que estejam com Covid.

“Ontem, um paciente de 37 anos deu entrada com dispneia e AVC, com suspeita de trombose e pulmão com mais de 70% tomado pela Covid-19. O Hospital de Caruaru disse que não tinha respirador. O paciente que voltar e ficar aqui por não tem para onde ir”.

São cinco respiradores a disposição em São José do Egito, dos dezessete a disposição na unidade de referência montada para esse fim na cidade. “Já temos um intubado, mais outro grave que pode precisar desse respirador”.

Outra constatação é de que os casos não são de um bairro específico. Há registros em áreas como o Conjunto Habitacional, Planalto I e II, Ipiranga e PSF Central. São quatro casos confirmados e sete em investigação.

Deixar um Comentário