Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

O policial militar é um pacificador social, diz Comandante Geral da PMPE

Publicado em Notícias por em 13 de abril de 2022

Coronel José Roberto de Santana visitou o 23º BPM nesta quarta-feira

Por André Luis

O Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel José Roberto de Santana, visitou na manhã desta quarta-feira (13) a sede do 23º Batalhão de Polícia Militar na Área Integrada de Segurança 20 (AIS-20), em Afogados da Ingazeira.

Ao repórter Marcony Pereira para o programa Manhã Total da Rádio Pajeú ele disse que já esteve outras vezes na região, mas que é a primeira visita que faz como Comandante Geral.

“Assumimos o comando em junho do ano passado e desde então nós procuramos visitar o Sertão e as diversas regiões do Estado. Essa viagem começou na segunda-feira, estivemos na Zona da Mata, em Nazaré, depois estivemos no Agreste, passamos em Belo Jardim e agora estamos aqui fechando a viagem do Comando em Afogados da Ingazeira no Sertão do Pajeú”, explicou.

Segundo o Cel. José Roberto, a visita teve o objetivo de trazer serviços, mas também uma é uma forma de parabenizar o serviço dos policiais.

“Nós viemos parabenizar a tropa pelo serviço, pelos últimos três meses por tudo que eles têm feito ao longo desse último ano e também viemos trazer serviços para os policiais militares, para os seus familiares, para os policiais da reserva e, também, para a sociedade, que a gente não pode esquecer da sociedade”, destacou. 

Ele destacou os resultados do último trimestre do Pacto pela Vida referente ao ano de 2021.

“Nós tivemos o melhor ano, a melhor taxa de Crimes Violentos Letais Intencionais e a melhor taxa, também, de Crimes Violentos Contra o Patrimônio, então, tivemos o melhor ano da série histórica do Pacto pela Vida em 2021”, informou. 

Falando sobre os serviços ofertados a sociedade por entender que a Polícia Militar tem que ser parceira diária da população local.

“É uma forma de mostrar também, que a polícia não é só para garantir a segurança, mas, também trabalho social. Esse serviço é importantíssimo, porquê se a sociedade estiver bem o nosso serviço também será mais tranquilo, então, o policial militar ele é um pacificador social, ele é o primeiro mediador, é o primeiro garantidor do estado democrático de direito”, destacou o Coronel.

“Então, o policial militar quando tá na guarnição, ele tá para – pode ter certeza ouvinte – que ele está ali para garantir a sua segurança, garantir a sua vida, e o seu ir e vir. Pode contar com a Polícia Militar sempre”, completou.

Coronel José Roberto destacou ainda que nestas visitas é acompanhado por todo o Comando da PMPE.

“Eu venho ao interior do Estado com esses serviços e não venho só, a cúpula da Polícia Militar me acompanha: o chefe-geral do Estado Maior que é a terceira pessoa da Polícia Militar, vem o meu diretor de planejamento Operacional – que é o responsável por toda parte operacional de todas as unidades, desde a capital até o Sertão, o nosso diretor-geral de administração – que é o responsável por toda essa parte administrativa,  e de saúde da Corporação, então, o chefe da Inteligência e  o diretor das especializadas”, informou.

Ainda segundo o Coronel vieram também três subtenentes. “Nós criamos a figura do adjunto de comando, eles, inclusive, se reuniram com os Praças da unidade aqui do 23º Batalhão para ouvi-los também, porque o nosso comando é participativo, nós queremos ouvir todos os policiais militares para que possamos entregar o melhor serviço à sociedade, porquê o nosso objetivo é prestar um serviço de qualidade a sociedade”, pontuou o Comandante.

Deixar um Comentário