Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Comandante do 23º BPM destaca campanha contra Crimes de Proximidade

Publicado em Notícias por em 21 de outubro de 2020

Por André Luis

Crimes de Proximidade, normalmente, são crimes praticados por impulso, por emoção. Muitas vezes, esses crimes geram a morte. Crimes de conflito na comunidade, que são o conflito familiar, o feminicídio, o crime de ódio, vingança, racismo. Tais crimes envolvem, geralmente, pessoas conhecidas. 

A Polícia Militar de Pernambuco, está divulgando uma campanha, que busca orientar as pessoas e combater esse tipo de crime. 

No Debate das Dez da Rádio Pajeú desta quarta-feira (21), o comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, coronel Norberto Lima, falou sobre a importância da campanha. Como prevenir? Como evitar? Como ter ajuda das autoridades? Foram alguns dos questionamentos respondidos pelo coronel, que esteve acompanhado do major Euclides Vanderlei.

Segundo o coronel, o tema vem chamando a atenção nos últimos meses e que só vem agravando mais o relacionamento que se tem dentro das casas. Para ele a campanha é de suma importância para orientar a população para tenham tanto na Polícia Militar, como na Polícia Civil, um braço forte para que se ampare e realmente procure as devidas providências.

“Estamos implementando, com a Polícia Civil, tanto aqui na nossa área, como em todo o estado de Pernambuco, essa campanha para que oriente e traga para população um norte para que ela tenha dentro dos parâmetros legais, formas de resolver esses tipos de problemas”, destacou coronel Norberto.

Ele também afirmou que o isolamento social, provocado pela pandemia do novo coronavírus, tem servido como fator somatório para o aumento de casos de crimes de proximidade. 

“Verificamos, até dentro de nossas casas também, o relacionamento, quando a gente começa a conviver mais próximos, ele tende a ser estressante. Isso é natural. Então, a população está sentindo isso também. Procuramos justamente essa situação dentro da nossa sociedade. Porque houve esse aumento dessas situações de relacionamento, isso tanto dentro da casa, marido, mulher e filhos, quanto entre vizinhos, que também é uma relação que chega a ser um pouco, ou um tanto estressante” afirmou.

Para o coronel Norberto a convivência diária, faz com que aqueles vizinhos que se davam bem passem a ter um relacionamento não tão próximos. 

“Em virtude de várias coisas, cada pessoa é um mundo. Eles tendem a ter esse choque e é aí onde temos que orientar, e a imprensa tem um papel fundamental, que é justamente esse, orientar a população e dar um direcionamento na procura em resolver as coisas da melhor forma”, afirmou.

Serviço: Para denuncias, a população pode ligar no 190 ou na Central de Operações do 23º BPM – Fone/WhatsApp: “(87) 9.9937-5670.

Deixar um Comentário