Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Coluna do Domingão

Publicado em Notícias por em 5 de janeiro de 2020

Vai começar de novo. Como em 2016, tudo pronto para um show de democracia no blog e na Rádio Pajeú

Eleições: o que vem por aí em 2020  no Blog e na Rádio Pajeú:

Já estamos em 2020, o ano que vale por quatro, porque vai definir nosso futuro em outubro, mês das eleições municipais em todo o país.

As regras do jogo já estão valendo. Por exemplo, aquelas pesquisas que o blog costuma publicar em parceria com o Instituto Múltipla. Agora, só rigorosamente registradas cinco dias antes de sua publicação.

O blog mantém a intenção de, após a oficialização das candidaturas, publicar pesquisas nos quatro principais colégios eleitorais do Pajeú, Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, São José do Egito e Tabira, mais outros colégios importantes do Estado. Também vai replicar pesquisas dos principais órgãos de imprensa do Estado sobre a corrida em seus principais colégios eleitorais.

Já a Rádio Pajeú se prepara para o maior número de debates de sua história, seja puxando o barco, dada sua expertise, tradição e  isenção no processo eleitoral, ou em parceria com outros prefixos principalmente no Alto e Baixo Pajeú. Comece a imaginar embates que poderão entrar para história a partir do desenho da sua realidade local. Vai ser interessante ouvir as propostas de candidatos região afora.

Do dia 5 de março ao dia 3 de abril, ocorre o período da chamada janela partidária, quando os vereadores poderão mudar de partido por justa causa, para concorrerem nas eleições majoritária ou proporcional sem perder o mandato. Vai ser um corre-corre. Aliás, para dirimir tantas dúvidas, além do artigo semanal que assina no blog, o advogado José Paulo Antunes em parceria com o blog e a Rádio Pajeú vai promover uma manhã de atividades tirando dúvidas sobre o processo eleitoral, no Cine São José, gratuitamente, ainda no primeiro trimestre de 2020.

As convenções partidárias para a escolha dos candidatos podem ser realizadas de 20 de julho a 5 de agosto. Já o prazo para requerer o registro de candidatura à Justiça Eleitoral se encerra no dia 15 de agosto. haja coração. Até lá, choro e ranger de dentes.

A propaganda eleitoral será permitida a partir do dia seguinte, 16 de agosto, inclusive na internet. E o horário eleitoral gratuito será veiculado no rádio e na televisão de 28 de agosto a 1º de outubro.

Preparem o coração! O jogo começou!

Multa mantida

A ação a que Totonho Valadares foi alvo na Justiça Federal pelo convênio com Ministério do Turismo para os festejos juninos em 2010 teve nova movimentação. O MPF alegou que não houve licitação cobrando Totonho por improbidade. Mas Totonho foi ao final apenas multado em R$ 10 mil e absolvido. O  MPF recorreu. Agora, decidiu  a Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região: mantenha-se a multa. Nada mais.

Saulo Totonhou

O comentarista político Saulo Gomes está com um pé na campanha de Totonho Valadares, com direito a participação em guia e na coordenação da campanha do emedebista. Crítico ferrenho de Bolsonaro, deve ter alguma insatisfação com José Patriota e Sandrinho que pesam mais que o fato de que Totonho votou no Capitão. Falta apenas a sentada para acerto da parceria.

Outros Sandrinharam

Totonho busca ganhar terreno pois não terá o núcleo duro de coordenação de suas campanhas anteriores. Nei Quidute, Anchieta Mascena e Carlos Marques, por exemplo, cabeças pensantes sempre presentes em suas campanhas, estão com Patriota e Sandrinho. Esses aí para 2020, “Sandrinharam”.

Disputa dura em Serra

O jornalista Magno Martins deu suas impressões no Debate das Dez da Rádio Pajeú sobre o processo em Serra Talhada. Avaliou positivamente o governo de Luciano Duque, mas disse que, caso Carlos Evandro seja candidato, haverá uma eleição dura com a candidata governista Márcia Conrado, diferente se Victor Oliveira, pra ele com menor expressão, for candidato.

Secretários no voto

Não é só Márcia Conrado que capitalizou politicamente com sua atuação na Secretaria de Saúde de Serra e vai disputar mandato em 2020. Na lista também estão os Secretários de Saúde Orlando Jorge (Limoeiro), Patricia Amélia (Goiana) e Zé Edson, de Brejo da Madre de Deus .

Sem resposta dos Pires

A família Pires ficou profundamente indignada com a fala de Setembrino Neves dos Santos, 104 anos, que classificou o ícone  Pedro Pires, de “sem ação e covarde”. Não respondeu por respeito à sua idade e por entender que tratava-se de uma queixa pessoal. “Nunca arrumou nada pra mim”, disse. De fato, Pedro Pires está num pedestal, que, com todo respeito a Seu Bino, é inatacável. O Pajeú lhe deve muito!

Nível baixo em BJ

O nível político em Belo Jardim envergonha seu belo povo. O prefeito Hélio dos Terrenos (PTB), chamou João Mendonça de ladrão, o vereador Gilvandro Estrela de “resto de ser humano” e Mendonça Filho de “liderança derrubada, que não honra as calças que veste”. Gilvandro Estrela respondeu o chamando de “desonesto, velhaco e Gato do Paraguai“. Que lindo…

Méaaauuu

Falando em gato, ao criticar o vereador Zé Negão por não dar expediente na X Geres e receber o contracheque, o colega Sargento Argemiro o comparou nos bastidores da sessão em que trocaram farpas a um “gato rabo de bandeira”. Disse que é porque “é fácil de pegar” no deslize. Não faz tempo, Wellington JK disse que Augusto Martins, de tão maroto, era tal qual um “gato maracajá”.

Oposição tem que ter união

Em São José do Egito, é urgente que a oposição se una, sob pena de perder feio para Evandro Valadares em 2020. Até agora, é um tal de Romério prum lado, Zé Marcos pro outro, Rona Leite pro outro. Unidos, terão dificuldades, mas poderão fazer São José ter uma disputa. Separados, entregam de bandeja.

Aos leitores:

Entro de férias nesta segunda, privando vocês por três semanas da Coluna do Domingão. O Blog continuará sendo tocado com maestria por André Luiz e Juliana Lima.

Frase da semana: “Atuamos para parar uma guerra, não tomamos medidas para iniciar uma guerra”. De Donald Trump em seu primeiro pronunciamento público sobre a morte de Soleimani, líder do Exército Iraniano, numa frase que vai para a série “Ah tá…”

Deixar um Comentário