Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

“As pessoas devem respeitar as leis”, diz presidente do TRE-PE sobre mesária em Paulista

Publicado em Notícias por em 29 de novembro de 2020

Frederico Neves fez pronunciamento de encerramento da Sessão Eleitoral.

Por André Luis

Na tarde deste domingo (29), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Frederico Neves, fez seu pronunciamento de encerramento da Sessão Eleitoral do segundo turno das eleições municipais de 2020.

Pelo YouTube do TRE-PE, ele parabenizou os eleitores, destacou a tranquilidade do pleito e o trabalho da Justiça Eleitoral.

Sobre os problemas, o presidente destacou que de 3.300 urnas eletrônicas, apenas duas deram problemas. Uma em Paulista, que teve problemas no teclado e outra no Recife que deu problema na Zerésima. “Às duas foram rapidamente substituídas. Os outros problemas, acontecem sempre, mas desta feita, bem menores”.

O desembargador Frederico Neves comentou sobre o problema da mesária em Paulista acusada de boca de urna. “Tivemos um problema em Paulista, com uma mesária, mas o Ministério Público Eleitoral agiu rápido. É preciso apurar isso com mais verticalidade, a notícia que chega é de que não estava se comportando de forma adequada, aliciando eleitores no local da votação. As pessoas devem respeitar as leis. O processo deve ser instaurado e ela pagará pelos seus atos”, destacou.

No mais Frederico Neves, disse estar tranquilo, com o espirito leve. “A minha fala, é uma tranquila, de encerramento dessa sessão, para dizer que os problemas foram pequenos e solucionados”, destacou.

“Vocês sabem que a totalização é feita em Brasília, não é mais aqui”. Lembrou o presidente ao informar que voltaria mais tarde para anunciar os resultados das eleições no Estado.

“O TRE está atento, reunido para a solução de todos os problemas que foram trazidos através de recursos interpostos. Surgirá agora a nova fase, prestação de contas… o que for possível fazer neste mês de dezembro vai ser, mas não tenho como afirmar a data que serão concluídos”, informou o presidente quando questionado sobre como estaria a articulação para a fase pós-eleições e os processos que serão julgados nos municípios que estão sub judice.

Deixar um Comentário