Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

O futuro do futebol profissional no Pajeú foi tema hoje no Debate das Dez da Pajeú

Publicado em Sem categoria por em 7 de fevereiro de 2014

J

Hoje (07), nos estúdios da Pajeú, o presidente do Afogados Futebol Clube, Ênio Amorim, o presidente do conselho deliberativo, João Nogueira, Airton Souza do departamento jurídico e o diretor de futebol, Márcio Araújo, falaram sobre o sonho do mais novo clube de futebol do município em participar da segunda divisão do Campeonato Pernambucano da série A2.

Os desafios, as campanhas de arrecadação, os parceiros, como deverá ser formado o time e como a população pode ajudar, foram os temas debatidos.

Ênio disse que o sonho esta se aproximando a cada dia, eram três os objetivos a serem alcançados, dois já foram, tornar o clube juridicamente legal e conseguir a confirmação de que o clube participaria da série A2 2014 junto a Federação Pernambucana de Futebol, o terceiro e último objetivo e consequentemente o mais difícil é angariar os recursos necessários para fazer a inscrição do clube junto à Federação no valor de R$ 127 mil, sendo que o primeiro passo já foi dando conseguindo um adiantamento no valor de R$ 50 mil emprestado pela Federação Pernambucana, restando por tanto o valor de R$ 77 mil.

Para conseguir levantar este valor em tempo hábil, Ênio disse que o principal meio usado esta sendo a rifa do lote.

“Eu diria que a rifa é o carro chefe no momento é onde as pessoas estão aderindo mais, o clube teve o cuidado de abrir uma conta por onde as pessoas podem estar ajudando neste sonho, temos outras ações programadas, recebemos uma boa noticia do Ministério Público, para fazer um festival de prêmios, ainda não temos uma data definida, mas com o aval do MP já fica mais fácil”, disse Ênio.

Ênio disse que por se tratar de uma causa nobre, resolveram que um percentual do que for arrecadado com o show de prêmios será destinado a ASAVAP, mas que ainda vão discutir de quanto será este percentual.

Em relação ao prazo para fazer a inscrição, Ênio disse que a competição este ano iniciará mais tarde, no mês de agosto, em consequência da Copa do Mundo e que isso dará tempo de sobra para que se consiga levantar o valor necessário e cumprir as exigências.

Márcio disse que o primeiro passo é profissionalizar a equipe e que estão com o pensamento de trazer um treinador que tenha experiência na competição, que pelo menos já tenha um acesso, que esteja atuante hoje e que tenha conhecimento do que é chamado de “mercado da bola”, lógico que tudo isso vai ter que estar dentro das condições do clube.

Márcio disse que já tem muitos empresários de olho na formação do clube e que a diretoria tem recebido vários telefonemas oferecendo profissionais de várias posições para compor a equipe.

Em relação a desconfiança de alguns da população Ênio disse que não iria criticar nem tirar a razão de quem não acredita no projeto, mas convidou para que as pessoas olhem para o futuro e passem uma borracha no passado.

“Estamos fazendo tudo na maior transparência possível, o clube é democrático, ninguém é dono da verdade, todos tem voz ativa, nós temos a obrigação de fazer certo de fazer direito, pois nós temos princípios, vai haver uma prestação de contas para a população” afirmou Ênio que completou, “Eu digo a você que ainda não acredita no projeto, acredite nos vamos fazer diferente”.

Sobre o estádio Vianão estar pronto para que os jogos possam ser realizados no município Márcio disse que o vai estar pronto sim, e que já esta caminhando bem.

“Se Deus quiser o estádio vai estar pronto, o gramado já esta caminhando e com certeza o Vianão terá o melhor gramado da região, o sistema de irrigação vai ser padrão como todos os grandes estádios do país e Vai haver perfuração de poço para ajudar na irrigação do gramado”, afirmou Márcio.

Diante da grande participação dos ouvintes e internautas da Pajeú que interagiram durante o debate, prestando apoio e dando a sugestão da realização de um bingo como forma de melhorar a arrecadação, Ênio resolveu revelar a surpresa de que será feito um bingo, provavelmente no mês de maio e que só não podia ainda dizer quais seriam os prêmios.

João Nogueira disse que recebeu com grande surpresa o convite para participar da diretoria do clube, mas que um convite vindo de quem veio ele não poderia deixar de aceitar.

João disse também que estará fazendo o possível para que dê tudo certo e aproveitou a oportunidade para convidar os conselheiros e os suplentes para se reunirem amanhã para a realização de um mutirão para atingir a meta de vender 500 bilhetes.

Airton Sousa disse que a parte jurídica do clube de inicio já está concluída.

“Tivemos o cuidado de adequar o estatuto à realidade do clube, fazer a ata da fundação e registrar, isso foi feito sem nenhum problema”, disse Airton.

Airton disse também que tem que ter cuidado para que não aconteça situações igual ao da Portuguesa e para isso tem que ser tudo muito bem analisado e discutido, não só pela parte jurídica do clube, mas também pelos demais integrantes da comissão técnica e diretoria.

Ênio aproveitou para reforçar a ideia de que o projeto não é para a vaidade pessoal de ninguém e sim coletivo e que será bom para toda a cidade.

Clique aqui e ouça o Debate na íntegra

Do Portal Pajeú Rádio Web

Deixar um Comentário