Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Armando tranquilo sobre ações judiciais movidas pelo PSB

Publicado em Sem categoria por em 16 de maio de 2014

d639885a509b9bcc1a515ccdcaec99de

do JC Online

O senador Armando Monteiro (PTB) não foi notificado, até o final da tarde dessa quinta (15), sobre o pedido de interpelação feito pelo núcleo jurídico da equipe de Paulo Câmara (PSB). O processo veio depois que o senador acusou o Palácio do Campo das Princesas de abrigar reuniões com prefeitos para cooptar a adesão ao bloco socialista.

O pedido de interpelação prometido contra o deputado João Paulo (PT), pelo mesmo motivo, não foi registrado.

De acordo com o coordenador jurídico do núcleo de Armando Monteiro, o advogado Walber Agra, tanto o senador quanto o deputado estão tranquilos com relação aos processos.

“Armando apenas verberou algo que deveria ser um debate político e que foi divulgado pela imprensa. Trata-se de um debate político, mas que pareceu censura a um senador a República que se pronunciou sobre a aplicação do erário público”, disse o advogado.

A defesa será apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) após o grupo receber as notificações. Walber Agra também representará os prefeitos Jorge de Melo (Iati, PTB), Felipe Porto (Canhotinho, DEM) e Izaías Régis (Garanhuns, PTB), que também foram interpelados. O grupo está confiante de que a ação será indeferida.

Nos últimos dois meses, o núcleo jurídico de Armando já entrou com ações no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) contra partidos que compõem a Frente Popular – PPL, PMDB e PTN, denunciando propagandas eleitorais das legendas nos espaços destinados às propagandas partidárias. O PSB também foi denunciado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo mesmo motivo.

Deixar um Comentário