Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

TCE aplica multa a prefeito de Custódia por falta de controle com combustíveis. E aprova com ressalvas contas do ex de Flores

Publicado em Sem categoria por em 1 de abril de 2014

201308230908551377260815

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) multou o prefeito de Custódia, Luiz Carlos Gaudêncio de Queiroz, em R$ 17.025,00 (dezessete mil e vinte e cinco reais) por não implantar o devido controle de combustíveis no prazo estabelecido no Termo de Ajuste de Gestão (TAG) que celebrou.

Segundo o TCE, conforme apurou o Afogados On Line,  se passaram mais de 60 dias do prazo final e o município ainda não havia implantado tal procedimento. O TCE deu um novo prazo de 30 dias para a implantação do devido controle de combustíveis, sob pena de nova multa ao prefeito.

MARCONI_CULTURA1-300x225Flores: Já a Primeira Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), por unanimidade, julgou nesta terça (1) regulares, com ressalvas, as contas do ex-prefeito Marconi Martins Santana.

Marconi foi  ordenador de despesas à época, da Prefeitura Municipal de Flores, relativas ao exercício financeiro de 2012. Por conta da motivação da ressalva, houve aplicação de multa.

Deixar um Comentário