Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

PT estadual e Armando Monteiro na agenda de Rui Falcão no Recife

Publicado em Sem categoria por em 23 de janeiro de 2014

do JC Online

Em passagem pelo Recife hoje, além de encontro com a direção do PT de Pernambuco, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, incluirá na agenda uma conversa com o senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao governo do Estado. Nos dois compromissos, a pauta será a sucessão estadual.

O senador do PTB já rompeu aliança com o governador-presidenciável Eduardo Campos (PSB) e anunciou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Petistas locais defendem o lançamento de um nome próprio na disputa pelo Palácio do Campo das Princesas, mas o comando nacional, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está incluso, entende que ingressar no palanque do petebista já no primeiro turno fortalece a campanha de Dilma, a prioridade da sigla.

Apesar do “descompasso” entre o entendimento dos petistas locais e nacionais, a presidente regional da legenda, a deputada estadual Teresa Leitão, avaliou como natural o encontro de Rui Falcão e Armando Monteiro.

A visita de Rui Falcão ao Recife faz parte de um périplo pelo Nordeste para analisar os cenários locais para as eleições, iniciado na semana passada. Depois da capital pernambucana, ele irá a Paraíba e Rio Grande do Norte. A instância pernambucana, entretanto, ganha uma atenção especial pelos recentes embates.

Segundo Teresa Leitão, no encontro, o PT local deseja falar e ouvir. “Queremos ter um bom começo na discussão de tática eleitoral com a direção nacional”, pontuou a petista.

Devem participar da conversa, marcada para as 19h, em um hotel na Zona Sul, a Comissão Executiva, deputados estaduais e federais, além do senador Humberto Costa e o Grupo de Tática Eleitoral, criado em reunião do diretório estadual na semana passada, mas que ainda não está totalmente formado. Até ontem, faltavam cinco nomes, a serem indicados pelas tendências internas.

Esta é a primeira visita de Rui Falcão ao Estado após a eleição de 2012, desastrosa para o PT, que, após um racha na instância local, se enrolou no processo de escolha do candidato a prefeito do Recife e perdeu o pleito.

O presidente nacional participou da decisão de impor a candidatura do senador Humberto Costa, em detrimento a do ex-prefeito João da Costa, que queria tentar a reeleição, e, na campanha, não prestigiou atos no Recife, assim como Lula. Chegou a fazer uma passagem pelo Estado, mas apenas no Sertão, em Serra Talhada e Petrolina.

Deixar um Comentário