Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Para Humberto, Aécio quer se livrar do mensalão tucano

Publicado em Sem categoria por em 20 de fevereiro de 2014

humberto-costa1O líder do PT no Senado, Humberto Costa, classificou como estratégia a decisão do deputado federal e ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, do PSDB, de renunciar ao mandato para não ser cassado. De acordo com o senador pernambucano, a decisão de Azeredo pretende impedir seu julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e evitar que o escândalo do mensalão mineiro, ocorrido quando ele era governador de Minas, prejudique a candidatura do presidenciável Aécio Neves.

“O que nós queremos é que não haja no Brasil dois pesos e duas medidas. Essa estratégia adotada pelo deputado é não somente para evitar que o Supremo se posicione sobre essa questão, como também para tentar tirar o foco sobre o PSDB, que foi o partido responsável por essa ação de corrupção em Minas Gerais”, afirmou Humberto, após sair de uma reunião de líderes do Senado com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Para o pernambucano, o STF deve agir “da maneira como agiu com os membros do PT que foram processados” no caso da Ação Penal 470, conhecida como mensalão. “Ou seja, que sejam julgados pelo Supremo Tribunal Federal e com o mesmo rigor aplicado aos integrantes do PT.”

Deixar um Comentário