Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

O nome do PMDB é Henry

Publicado em Sem categoria por em 6 de fevereiro de 2014
5a5a44e45c7777f6ca6c9db2d071b71d

Senador Jarbas Vasconcelos e o Deputado Raul Henry

do JC Online

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) anunciou nessa quarta-feira (05) que não tentará a reeleição. Com a decisão, ele lançou o nome do deputado federal Raul Henry (PMDB) para compor a chapa majoritária a ser montada pelo governador-presidenciável Eduardo Campos (PSB) para sua sucessão. Ele pode ser possivelmente candidato a vice-governador.

Para realizar o anúncio, Jarbas dispensou coletiva de imprensa. Preferiu se pronunciar por meio de nota. Sem citar uma razão específica para sua opção, escreveu que suas decisões políticas foram pautadas no “melhor caminho’ para dar contribuições a Pernambuco e ao Brasil. No texto, o parlamentar também relata que foi convidado por Eduardo Campos para disputar a eleição, mas amadureceu a decisão de não concorrer.

Nessa quarta, Jarbas passou o dia cumprindo agenda parlamentar em Brasília e, pela manhã, antes de divulgar a nota, conversou por telefone com amigos e correligionários, como o presidente estadual do PMDB, Dorany Sampaio, que classificou a opção como “pessoal”, em conversa com a reportagem.

No mês passado, após reunião da direção estadual, o PMDB colocou a reeleição do parlamentar como prioridade, mas, nos bastidores, já se comentava que ele não estava certo se entraria na disputa. Há sete anos Jarbas não percorre o interior do Estado e tem o entendimento de que nacionalizou demais o mandato.

Na nota, o senador diz que pretende continuar na vida política, “dando contribuição para as práticas, as teses e os pensamentos que considera os mais adequados para colocar o Brasil entre as nações mais prósperas do mundo”, e não descarta a possibilidade de ser candidato a deputado federal, como é especulado.

Em um breve balanço da sua vida pública, ainda afirmou que tem “um tremendo orgulho” de contribuir para que o Estado “vivesse o atual momento de mudança de parâmetros, de desenvolvimento econômico e de recuperação do papel histórico de protagonismo no cenário nacional”, além de ter justificado apoio à candidatura a presidente da República de Eduardo Campos pela “expectativa de renovação”.

Procurado pela reportagem, Raul Henry não retornou às tentativas de contato. A assessoria de imprensa do deputado informou que ele vai se posicionar nesta quinta-feira (06).

Deixar um Comentário