Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Mesmo após ouro em Santiago, Yane Marques assegura: ‘Não me sinto uma estrela’

Publicado em Sem categoria por em 10 de março de 2014

Do Globoesporte.com

“Quem vive de passado é museu”. A frase de Yane Marques poucos minutos após a conquista da medalha de ouro no pentatlo moderno dos Jogos Sul-Americanos de Santiago, no Chile, no sábado, poderia sugerir até uma certa arrogância. Isso para quem não conhece a pernambucana de Afogados da Ingazeira.

Com a mesma simplicidade e simpatia de sempre, a atleta de 30 anos só tentou mostrar que apesar do sucesso nas últimas duas temporadas, quando conquistou o bronze nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e a prata no Mundial de Kaohsiung, no Taiwan, em 2013, não se agarra ao favoritismo e tampouco se sente uma estrela na delegação brasileira de 481 atletas que representará o país na principal competição da América do Sul até dia 18 de março.

yane_javierarosas_priscilaoliveira_marcellopires

Embora reconheça que sua conquista tenha trazido algumas mudanças na sua vida, Yane sabe que ainda tem muito trabalho pela frente e segue com os pés no chão. Tanto que, mesmo após dois anos de seu maior feito, a nova campeã sul-americana da modalidade reconhece que a ficha ainda não caiu. Não que a pernambucana tenha ficado surpresa com seu desempenho, mas pela dimensão da conquista num esporte sem qualquer tradição no país do futebol.

Deixar um Comentário