Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Afogados: autoridades se comprometem em cobrar soluções da Compesa sobre falta de água

Publicado em Notícias por em 13 de outubro de 2021

Por André Luis

Nesta quarta-feira (13), o prefeito de Afogados da Ingazeira, Alessandro Palmeira (PSB) e o vereador César Tenório (PDT), prometeram, durante o programa A Tarde é Sua da Rádio Pajeú cobrar da Compesa, soluções para os problemas de abastecimento que tem tirado a paz dos moradores de diversos bairros do município, principalmente de localidades mais altas.

Como divulgamos anteriormente, as reclamações da população aumentaram muito com relação à falta de água nas torneiras e iniciou-se uma cobrança por ações das autoridades públicas, em prol do povo que tem sofrido com a situação.

O prefeito Alessandro Palmeira disse que o município vem acompanhando a situação e que em contato com o gerente regional da Compesa, Gustavo Serafim, foi admitido que existem problemas técnicos a serem sanados. 

“Gustavo também reconheceu que o novo calendário de distribuição, não foi o suficiente para resolver os problemas”, informou o prefeito.

Ainda segundo Palmeira, a gestão também está entrando em contato com outros setores da Compesa, no Recife, buscando soluções para a problemática da falta de abastecimento regular. Ele também prometeu um feedback com relação à resolução da situação.

Já o vereador César Tenório, se comprometeu a cobrar soluções e acompanhar de perto a situação.

“Amanhã, durante a nossa sessão, vou levantar o debate na Câmara e sugerir ao presidente Rubinho do São João, um ofício coletivo assinado pelos treze vereadores cobrando da diretoria estadual da Compesa uma solução para o problema. É preciso que sejam feitos investimentos na nossa ETA”, afirmou o vereador, que disse não acreditar que algum vereador se negará a assinar o documento.

A Estação de Tratamento de Água de Afogados da Ingazeira está obsoleta e necessita de investimentos para melhorar a sua capacidade de tratar a água, que hoje, é encontrado com abundância em diferentes mananciais. Temos a Barragem de Brotas, o sistema Zé Dantas e ainda a Adutora do Pajeú. 

Ainda segundo César, Gustavo Serafim prometeu, a princípio, como forma de tentar solucionar parte do problema, projetar um calendário de abastecimento fixo, para que os moradores possam se programar melhor – uma das reclamações da população é justamente com relação ao não cumprimento do calendário atual.

Deixar um Comentário