Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?



Acusado de agredir Chagas se defende. “Não sou marginal”

Publicado em Notícias por em 27 de fevereiro de 2020

Em contato com o blog, Eduardo Silva, acusado de agredir o músico Francisco das Chagas na segunda de carnaval, conforme relato do músico em rede social, enviou sua versão:

Nill Júnior,

Estão me julgando, me chamado de marginal. Eu trabalho três expedientes, manhã,  tarde e noite, em duas academias .

Eu estava no terraço. Meus amigos que estavam comigo já tinham ido embora . Entrei dentro de casa para dormir . O senhor Chagas de imediato abriu a porta do quarto dele e disse “você é um safado!”

Como eu já sei das coisas que ele está fazendo com a esposa, que tem a saúde fragilizada, que sofre do mal de Alzheimer, já teve câncer. Quando ele me chamou de safado , eu disse que eu e minha esposa (Charla, filha do músico) já sabíamos de tudo que ele está fazendo . E que safado era ele .

Citei trechos do que ele está fazendo. Ele perdeu a razão, veio pra cima de mim. Eu estava durante toda discussão com os braços para trás.  Ele arrancou meu cordão do pescoço e me agarrou .

Como eu fiquei sem saber o que fazer para ele me soltar, eu dei uma mordida para que ele me soltasse . Justamente porque eu não queria bater nele . Ele se afastou , pisou numa poça de água que tinha na sala por conta de uma goteira e caiu no chão. E já saiu dizendo que eu o agredi .

Com relação ao que ele está fazendo com a esposa, eu só vou falar na audiência porque envolve outra pessoa.

Grato,

Eduardo França da Silva

Deixar um Comentário