Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Suspeito de acender rojão que matou cinegrafista em protesto está na Cidade da Polícia

Publicado em Sem categoria por em 12 de fevereiro de 2014
2014021286699

Caio foi cercado e encontrado por volta das 2h (3h no horário de Brasília) em uma pousada perto da rodoviária de Feira de Santana, a cerca de cem quilômetros de Salvador.

do O Globo

Caio Silva de Souza, suspeito de acender o rojão que matou o cinegrafista da Rede Bandeirantes Santiago Ilídio de Andrade, chegou às 9h35m desta quarta-feira à Cidade da Polícia, no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, acompanhado do advogado Jonas Tadeu Nunes. Ele foi escoltado direto para a carceragem. Caio chegou ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, pouco antes das 9h. Ele foi algemado e levado para a delegacia em um Logan prata, sob escolta da Polícia Civil e da Polícia Federal.

Caio foi cercado e encontrado por volta das 2h (3h no horário de Brasília) em uma pousada perto da rodoviária de Feira de Santana, a cerca de cem quilômetros de Salvador. Ele estaria fugindo para a casa de parentes, no Ceará. Segundo a polícia, Caio não reagiu ao ser preso.

A prisão foi efetuada pelo delegado que investiga o caso, Maurício Luciano de Almeida e Silva, da Polícia Civil do Rio, que estava acompanhado do advogado de Caio, Jonas Tadeu Nunes, que também defende outro rapaz envolvido no caso, Fábio Raposo, que está preso no Rio.

Deixar um Comentário