Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Serra Talhada realiza pré-conferência sobre educação no campo.

Publicado em Sem categoria por em 18 de fevereiro de 2014

Educalção no Campo 18.02.14 3

Foi realizada nesta terça-feira (18) mais uma pré-conferência, desta vez o tema foi Educação no Campo. Estiveram presentes, o secretário e Agricultura do município, José Pereira, representantes da Secretaria de Educação (SEST), alunos da ETE (Escola Técnica Estadual Clóvis Nogueira) e ADRS (Agentes de Desenvolvimento Rural Sustentável) do Banco do Brasil, como também entidades ligadas ao movimento no campo; Sintraf, Fetape, Secor, Sindicato de Trabalhadores Rurais, além da Universidade Federal Rural de Pernambuco, Unidade Acadêmica Serra Talhada (UAST) e profissionais de Educação.

O diretor de planejamento da secretaria de Educação de Serra Talhada, Joaquim Alves defendeu ainda mais investimentos nas escolas do campo que mesmo funcionando algumas vezes de forma precária, têm alcançado índices superiores aos de muitas escolas da zona urbana.

Educalção no Campo 18.02.14 1

Usando como exemplo de comprometimento e competência citou futuro  diretor do Instituto Federal de Educação (IF Sertão), campus de Serra Talhada, Erbs Cintra. Cintra é serra-talhadense e estudou na comunidade de Lagoa da Pedra, uma das escolas rurais do município.

Ana Maria, Diretora de apoio ao aluno, lamentou que devido aos entraves políticos a merenda do município tenha perdido qualidade e lembrou-se das experiências vivenciadas em outros municípios, como no caso do filé de peixe.

Ela contou que enquanto Serra Talhada já introduzia na merenda escolar o filé de Tilápia, oriundo da Fazenda Saco IPA, através do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), havia municípios ainda aprendendo o manejo para produção do filé. A diretora lembrou também do papel socioeconômico que o PAA representa, gerando subsídio para a permanência das famílias no campo, impedindo assim o êxodo rural.

Educalção no Campo 18.02.14 2

O Secretário de Agricultura, José Pereira, assumiu o compromisso de ampliar o projeto de perfuração de poços artesianos em escolas da zona rural, acabando de uma vez por todas com as dificuldades enfrentadas por estes educandários, principalmente no tocante a implantação do projeto Mais Educação, quando a escassez de água impossibilita o cultivo de hortas. Pereira lembrou que sua secretaria já auxilia os agricultores com o projeto de hortas orgânicas.

No próximo dia vinte e cinco Serra Talhada promoverá a pré-conferência sobre cadeias produtivas e recursos hídricos e no dia treze de março a Conferencia Municipal, que reunirá todos os temas debatidos nas pré-conferências.

Deixar um Comentário