Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

PSB de SP queria apoiar Alckmin, mas Marina vetou

Publicado em Sem categoria por em 3 de janeiro de 2014

urlEm São Paulo, o presidente estadual do PSB, deputado federal Márcio França, articula há meses uma aliança com o PSDB do governador Geraldo Alckmin. França já foi secretário de Turismo do Estado e sua ideia era compor a chapa do tucano, como vice na chapa.

O pessebista conversou pessoalmente com o governador e com alguns de seus aliados e o acordo estava próximo a ser fechado já no final do ano passado.
No entanto, a ex-senadora Marina Silva, neoaliada do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, rechaça o apoio a Alckmin e a possibilidade de subir no palanque do tucano.

Segundo interlocutores, Campos e Marina tiveram uma conversa em dezembro, na Bahia, e o pernambucano foi convencido a buscar uma alternativa longe do PSDB paulista.

Pessebistas relatam que a aliança com Alckmin, antes considerada estratégica, hoje tem chance “próxima de zero” de ocorrer. Marina, em contrapartida, anteciparia o anúncio oficial de que será vice de Campos na chapa presidencial para 2014.

Marina defende candidatura própria do PSB-Rede em São Paulo. A deputada federal Luiza Erundina (PSB) é uma das principais apostas da ex-senadora, que fará novas investidas para tentar convencer a deputada a disputar o Palácio dos Bandeirantes. Segundo aliados de Marina, a decisão sobre São Paulo sairá em janeiro. (Folha)

Deixar um Comentário