Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Partido dos Trabalhadores exige do prefeito de Afogados informações de contrato com Amupe

Publicado em Sem categoria por em 8 de janeiro de 2014

Em uma carta aberta o PT de Afogados da Ingazeira pede esclarecimentos ao prefeito José Patriota. E exige transparência no seu governo.

“O PT de Afogados da Ingazeira informa que oficializou denúncia no MP, questionando a legalidade e a moralidade de um contrato celebrado entre a prefeitura de Afogados da Ingazeira e a Amupe no valor de R$ 156.000,00;

Posteriormente o mesmo PT denunciou  que cidades de porte bem maior, como Serra Talhada e Caruaru, pagaram em 2013 quase 20 vezes menos para a mesma Associação Municipalista.

No dia 31 de dezembro, em entrevista à Radio Pajeu, ao ser questionado pelo blogueiro Marcos Montinelly, que indagou o porquê do pagamento tão alto se comparado com outras cidades, o prefeito desconversou e disse que responderia a pergunta em particular se fosse procurado no seu gabinete.

Ora, se o dinheiro é público, se a pergunta foi em público, por que a resposta é privada ?

Em oportunidade o procurador do município, justificando o referido contrato, afirmou que “havia muita demanda jurídica no município”. Mas até hoje a prefeitura não respondeu à Câmara de vereadores quais os processos em que a Amupe aparece defendendo o município.

Aliás, para nossa surpresa, consultando o site do Tribunal de Justiça, no processo NPU 0000070-76.2013.8.17.0110 verificamos que, no despacho do Judiciário de Afogados, se decreta “a revelia do Município, que deixou transcorrer o prazo sem qualquer manifestação”. É um descaso com os recursos públicos.

Primeiro se contrata a Amupe para advogar, o que entendemos ser ilegal, por um valor absurdo comparado com anos anteriores e com outros municípios de porte bem maior, o que entendemos ser imoral. Em seguida, se distribui panfletos contra  o aumento do piso dos professores como presidente da Amupe, alegando falta de recursos, o que entendemos ser demagogia; deixa um processo correr a revelia, o que entendemos ser falta de responsabilidade. Agora, diz na Radio Pajeú que vai dar a resposta dentro do gabinete em privado. Por que ?

O PT exige do prefeito, com base no princípio da transparência e da moralidade todas as informações acerca do contrato com a Amupe e dos órgãos de fiscalização, rigor na apuração do fatos.

 Jair Almeida de Souza – Presidente do DM do PT.”

Deixar um Comentário