Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Opinião: Eduardo Campos vai para a guerra contra o Governo Dilma e já recebe críticas de ex-aliado Lula

Publicado em Sem categoria por em 19 de março de 2014

Por Marcos Oliveira*

A disputa para Presidência  da República promete ser umas das mais acirradas de todos os tempos. Se continuar do jeito que vai, também teremos uma polarização diferente das últimas eleições,  que antes girava entre  PT e PSDB. Ex-aliados, PT e PSB prometem centralizar as atenções.

Nos últimos dias, o governador de Pernambuco e pré-candidato a Presidente pelo o PSB  Eduardo Campos, que estará em Serra Talhada nesta quinta,  partiu para a guerra. Agora é só criticas ao governo Dilma, de quem era aliado  até pouco tempo.

Eduardo tem dito que  ninguém aguenta mais quatro anos de Dilma, que o governo  não gosta de ouvir  os movimentos sindicais e que os empresários reclamam da falta de diálogo por parte da presidente.

eduardo-campos-e-lula

Com isso está aos poucos roubando a cena do também pré-candidato Aécio Neves, do PSDB, histórico rival do PT.

Com essa velocidade  que Eduardo avança buscando mostrar que não está para brincadeira, vem despertando a atenção do PT, principalmente do ex-presidente Lula, que já se sentindo incomodado,  chegou a comparar Eduardo a Collor de Melo . Por ai, podemos  imaginar que o governador de Pernambuco começa a incomodar a cúpula do PT.

Não será fácil nem para Eduardo nem para  Aécio,  que tem força nos dois maiores colégios eleitorais, Minas e São Paulo. Também não será fácil para a Presidente Dilma Rousseff,  que vem sofrendo desgaste até na base aliada com o PMDB.

O cenário ainda é complexo e incerto. Tem muita coisa para acontecer até o dia da eleição .

*Marcos Oliveira apresenta seu comentário no programa A Voz da Notícia e o reproduz em  nosso blog.

Deixar um Comentário