Lembre-se de mim
Registre-se Esqueceu sua senha?

Leia e ouça! Líder do PT rebate Eduardo e diz que discurso é incoerente

Publicado em Sem categoria por em 18 de março de 2014

P

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), criticou hoje (18) a postura adotada nos últimos dias pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Em discurso na tribuna da Casa, o parlamentar rebateu as declarações dadas por Campos de que a composição de cargos no governo federal é feita “como se estivesse distribuindo bananas ou laranjas”.

Humberto avalia que a tática do chefe do Poder Executivo pernambucano de buscar o ataque à presidenta Dilma tem como objetivo tentar polarizar o debate e se apresentar como oposição, mas “é injusto e reflete um comportamento incoerente”.

“Ora, até dois meses atrás, o tamanho do primeiro escalão do governador de Pernambuco chegava a 29 secretarias. Muitas delas, inclusive, coincidentes com os ministérios que nós temos aqui na Esplanada. Somente no oitavo e último ano o governo de Pernambuco reduziu a quantidade a 23”, afirmou.

De acordo com Humberto, a gestão do presidente do PSB à frente do Palácio do Campo das Princesas elevou para mais de 3,5 mil o número de cargos comissionados do Estado.

“Todos os partidos que apoiam o governo de Pernambuco têm cargos no Executivo. Acusam-nos de fisiologismo, mas é exatamente assim que agem. Não é por maldade nem deles nem nossa, é porque temos um sistema político e eleitoral absolutamente falho”, declarou o senador.

Ouça a declaração de Humberto:

Deixar um Comentário